O reencontro dos príncipes Harry e William em funeral, após entrevista polêmica que irritou família real

Reencontro dos irmãos, os príncipes Harry e William, que não se falam há mais de um ano

 

O funeral do Príncipe Philip de Edimburgo, sábado, dia 17, acontecerá na Capela de Saint George, no Castelo de Windsor, para apenas 30 pessoas. Será o reencontro dos príncipes William e Harry, que estão sem se falar há mais de um ano. Momento tenso, após polêmica entrevista de Harry e Meghan Markle, concedida à Oprah Winfrey

 

Da Redação

Todos os preparativos para cerimônia fúnebre do Príncipe Philip de Edimburgo estão em andamento, e acontecem na Capela de Saint George, no Castelo de Windsor, no sábado, dia 17. O funeral contará com a presença de apenas 30 pessoas, entre elas os príncipes William e Harry, que estão sem se falar há mais de um ano por causa de– esposa de Harry. Será um momento tenso, após a polêmica entrevista de Harry e esposa, concedida à apresentadora Oprah Winfrey, que deixou a família britânica revoltada.

Para evitar constrangimentos, Meghan Markle não comparecerá à cerimônia fúnebre, permanecendo nos EUA, alegando ordens médicas, pois está grávida e quer evitar aglomerações. Apesar de as circunstâncias serem infelizes, há a expectativa de que esta reunião sirva para que Harry, o pai – Príncipe Charles –, e o irmão, principalmente, possam colocar de lado o mal-estar e unir-se em torno do luto do duque, que morreu na última sexta-feira, aos 99 anos.
O que se sabe, segundo o protocolo real, é que, durante a cerimônia, William e Harry vão estar lado a lado.

Devido à pandemia, e também por vontade do marido da Rainha Elizabeth II, a cerimônia fúnebre será simples, restrita à família. No entanto, e para que os britânicos também possam participar na homenagem, o funeral irá ser transmitido na televisão.

O corpo de Phillip de Edimburgo irá ser transportado num jipe Land Rover verde, que foi adaptado pelo próprio. O carro será seguido em cortejo fúnebre, a pé, pelos filhos e netos do duque.