Vinhos e Doces

Vinhos e Doces

Não é necessário ser um grande conhecedor de vinhos para entender pressupostos básicos de harmonização: vinhos brancos normalmente caem bem com pratos leves e frescos, enquanto vinhos tintos tendem a ser servidos com opções mais gordurosas e proteicas. Existem (várias) exceções, mas essa é a “matriz” para combinações de vinhos e comidas, normalmente salgadas. E os doces? Quais são as premissas? Descubra abaixo como harmonizar vinhos e sobremesas, bem como opções de lugares incríveis na Central Flórida que tornam essa experiência ainda mais saborosa!

Edição de maio/2017 – pág. 34 e 35

Harmonizar vinhos e doces é elevar dois prazeres gastronômicos a níveis máximos: fãs de sobremesas sentirão os sabores de suas guloseimas favoritas potencializados pelo vinho, e apreciadores de vinhos terão a oportunidade de abrir ainda mais seus horizontes no mundo enológico. No palato, doce é o primeiro gosto que identificamos desde que nascemos, o que explica em parte a inclinação natural que temos por esse sabor. E quando unido ao vinho, outros gostos secundários surgirão, intensificando ainda mais os elementos que compõem o prato. Esse é o objetivo final de qualquer harmonização, uma vez que as bases da bebida e da comida deverão se complementar, porém com doces, a experiência fica ainda mais especial, uma vez que um vinho acompanhando o serviço de sobremesa desacelera o ritmo da refeição, tornando a experiência mais completa, ja que o momento passa a ser visto como parte principal, e não somente o começo do fim.

Em certos contextos, o doce passa a ser até o único foco – como no caso da doceria Better Than Sex, voltada exclusivamente para sobremesas harmonizadas com vinhos e cidras. Localizado bem no centro de Orlando (1905 N. Orange AVE), o restaurante se dedica a sabores pecaminosos, cheios de segundas intenções (vide o nome). Lá, você poderá saborear pratos como Peanut Butter Perversion, consistente de uma torta de cookie de chocolate recheada com mousse de pasta de amendoim, uma camada crocante de chocolate com cristais de sal, e molho de vinho do porto. Ou então, tomar um espumante numa taça mergulhada em chocolate branco ou em doce de leite, feito no próprio restaurante. Esse é o lugar ideal para converter os mais céticos de que harmonização de vinhos com doces é possível, uma vez que basta fazer sua opção que o vinho ideal estará indicado no menu ou será recomendado pelo staff super preparado do local.

Essa não é a única doceria que considera a harmonização: na verdade é possível encontrar várias opções na Central Florida, inclusive em lugares super familiares como Disney Springs, onde esta localizada a doceira Amorette’s, especializada em patisserie e espumantes.

Porém, e via de regra, em restaurantes e em casa, o doce é normalmente servido como último prato, e vem acompanhado, no máximo, de um cafezinho. Nessas horas é válido ter em mente alguns conhecimentos básicos para encontrar o par perfeito para o seu quitute favorito, e promovê-lo a estrela da refeição.

Em restaurantes: estabelecimentos com boas cartas de vinho que não são necessariamente dedicados a sobremesas/doces certamente terão, além de boas opções para harmonizar suas sobremesas, equipes dispostas a ajudar. Não hesite em perguntar ao garçom, bartender, sommelier ou até mesmo o Chef, sobre dicas e sugestões. Eles querem que sua experiência seja a melhor possível e seguramente farão a recomendação mais adequada, com base nos sabores da casa e as opções disponíveis. Esse é o caso de vários restaurantes no Restaurant Row em Orlando (Sand Lake Road) como o Vines Grille & Wine Bar, Seasons 52, Morton’s, entre outros, ou no Capital Grille e Funky Monkey no Pointe Orlando, e muitos mais espalhados pela cidade.

Também é comum que alguns locais, particularmente os especializados em doces, não sirvam bebidas alcoólicas, como é o caso do delicioso Gideon’s Bakehouse (localizado dentro do East End Market, 3201 Corrine Dr, Orlando) ou The Dessert Lady (7600 Dr. Philips Blvd #78, Orlando). Não se acanhe de explorar as infindáveis possibilidades de harmonização de suas guloseimas simplesmente dirigindo-se a casa de vinhos mais próxima: muitas permitem a entrada de comidas de outros locais.

Em casa: seja com sobremesas caseiras, ou doces encomendados, em casa você precisará ter um pouco de conhecimento em relação a perfis de sabores presentes nos vinhos para melhor determinar o que servir. Acima de tudo, o objetivo é equiparar os açúcares da base do doce aos do vinho escolhido. Da mesma forma, a acidez presente na sobremesa deve ser compatível com a da bebida. A tabela abaixo exemplifica de forma sucinta possíveis harmonizações com base em doces e sobremesas mais comuns. Não se trata de regra, mas apenas um guia para o dia a dia, ou ideias para seu próximo jantar entre amigos e família.

Cheers!