Brasileira obtém licença do governo para trabalhar na causa do imigrante

Brasileira obtém licença do governo para trabalhar na causa do imigrante

Adriana Backhaus, do Departamento de Assistência Social da Igreja Nova Esperança, em Orlando, obtém licença do governo americano para atuar junto ao imigrante. Ela é representante credenciada pela Imigração através do Departamento de Justiça dos EUA

Edição de maio/2018 – pág. 08

Brasileira obtém licença do governo para trabalhar na causa do imigrante

A licença concedida pelo governo americano à brasileira Adriana Backhaus, do Departamento de Assistência Social da Igreja Nova Esperança, em Orlando – New Hope Assistance Center –, amplia os trabalhos no âmbito imigratório junto à comunidade brasileira, na Central Flórida. Representante credenciada pela Imigração através do Departamento de Justiça dos EUA, Adriana agora tem pleno poder em questões fundamentais no processo de legalização, também podendo atuar na renovação do DACA (Deferred Action for Childhood Arrivals), além de outros procedimentos. O trabalho desenvolvido junto ao OLAP (Online Analytical Processing), é um passo fundamental, consolidado com a inauguração do escritório de Imigração da igreja, em funcionamento desde o último dia 25 de abril, demarcando etapa primordial na causa do imigrante.

“Foi uma grande conquista a licença concedida pelo governo americano ao meu trabalho junto ao departamento de Assistência social da Igreja Nova Esperança. Sem essa licença os procedimentos ficavam limitados porque a lei não permitia determinados avanços, mas hoje posso executá-los”, comemora Adriana, após dois anos de estudos, seguindo as normas do Immigration Department.

“Evidente que para ampliar ainda mais o meu trabalho, com total poder, preciso realizar no futuro outro curso. Mas o passo dado no momento é de extrema importância porque me permite atuar no processo de legalização para obter a cidadania, também na renovação do Daca. Ainda não tenho permissão para atuar no caso de deportação, a minha licença não permite. Isso requer representante na Corte, e preciso de uma licença completa, de realizar outro curso, o que pretendo fazer no futuro próximo”, explica Adriana Backhaus.

Indagada sobre o processo de preparação para obter licença concedida pelo Departamento de Imigração dos EUA, relata Adriana que foram dois anos de estudo. E na preparação para a obtenção da licença, é necessária experiência comprovada na área de imigração, além de carta de referência de advogado de imigração; currículo adequado que será analisado e avaliado pela imigração. “O curso é para buscar conhecimentos quanto às novas regras de imigração”, diz.

Escritório de imigração na ativa

O office de Imigração da Nova Esperança atende em local separado  da igreja – seguindo as exigências do Immigration Department. O atendimento é feito com hora marcada, através de telefone ou e-mail. “Estou no escritório de segunda à sexta-feira, das nove e meia às três da tarde, para quaisquer esclarecimentos. São muitos os casos e estou à disposição para o que for preciso, auxiliando os brasileiros nas suas necessidades e dúvidas”, comenta Adriana. “O nosso trabalho iniciou-se em janeiro, com atendimento aos membros da igreja, mas o atendimento ao público em geral começou a partir da inauguração de nosso escritório – em abril”.

Os principais casos atendidos por Adriana, segundo ela relata, a maioria é de mudança de status para estudante. “Temos também casos de casamento com americano e da renovação do DACA. Outro fator preocupante é a questão da violência doméstica, com mulheres agredidas por seus respectivos maridos, cidadãos americanos”, conta. “No caso de empresas, indicamos advogados capacitados para atuar na causa”.

Abertura do escritório. (Foto: divulgação)

“Esse trabalho humanitário é valioso porque orienta as pessoas. Algo que eu não tive quando cheguei aos Estados Unidos, não tinha uma direção. Eu não sabia o que a lei me permitia fazer, então ficava complicado. A ajuda é sempre bem-vinda. Hoje sei exatamente o que essas pessoas passam quando chegam ao país. Trabalhei com advogado de imigração, fiz o que pude, mas o meu trabalho anteriormente ficava limitado. É uma área que gosto de trabalhar e venho prestando serviços desde o ano de dois mil e quatro. Aprendi muita coisa e não meço esforços para ajudar a quem precisa”, enfatiza.

“Estou feliz em poder realizar o meu trabalho com maior amplitude, após receber licença do governo americano. É algo novo e estamos trabalhando com força total, reforçando os trabalhos que temos feito na igreja. As pessoas podem me procurar no escritório, lembrando que o atendimento é com hora marcada. Basta ligar para a igreja e fazer o seu agendamento”, orienta Adriana Backhaus.

Forma de atendimento

Segundo Geiza Batalha, diretora de Serviços Sociais do Centro de Assistência da Igreja Nova Esperança, que tem encaminhado consultas para o escritório de Imigração, “atendemos o público com hora marcada, que poderá ser feita por e-mail ou ligando para a Igreja. Os interessados podem me ligar que eu encaminho as solicitações para o nosso escritório. A nossa consulta custa apenas vinte e cinco dólares, e cobramos por serviço, de acordo com a tabela do governo americano, que está bem abaixo do mercado”.

É importante ressaltar que o trabalho realizado pelo escritório da Igreja Nova Esperança é supervisionado pela imigração dos EUA. “Periodicamente recebemos a visita de um oficial de imigração que irá checar e analisar todos os nossos procedimentos. Um trabalho feito com lisura, com o acompanhamento do governo”.

Relatando as atividades do Centro de Assistência disse Geiza fala do preenchimento de formulários, sem taxas, entre outros trabalhos importantes. “Temos aulas de inglês para quem está chegando aos Estados Unidos. Auxiliamos pessoas que ficam perdidas no aeroporto, o que geralmente acontece quando o responsável que se comprometeu em busca-las não comparece. Providenciamos escolas para os filhos e apartamento para que as famílias que chegam, para que não caiam no golpe do aluguel. Também temos aulas de português para criança, para que ela não perca o contato com o idioma”, detalha a diretora.

Serviço

Igreja Nova Esperança

Endereço: 4300 Lake Margaret Dr, Orlando, FL 32812

Telefone:  407-275-6161 – Ramal 105

E-mail: nhacenter@gmail.com