Qual é sua preferência de compra: casa nova ou não

voltar

DEZ/12 – pág. 34

Se você pensa em comprar uma casa, vale a pena verificar suas prioridades.

Um estudo feito pela BHI INC examinou a preferência de 984 pessoas que pensavam em comprar a sua casa no prazo de 12 meses, verificando entre esses futuros proprietários se eles queriam adquirir uma casa novinha, direto da construtora; ou uma casa que estivesse à venda por donos que vivem ou viveram nela (o que chamaremos de casa já habitada).

O estudo chegou à conclusão que a maior parte dos consumidores prefere comprar uma casa já habitada anteriormente; no entanto, há muitos que considerariam comprar uma casa nova direto da construtora.

Os que preferem comprar uma casa que já foi habitada (75%) listam os seguintes motivos: gostam de jardins prontos e bonitos, com plantas crescidas e árvores maduras; preferem lotes maiores (normalmente são maiores); gostam de sentir que já fazem parte da comunidade (os bairros estão formados e estabilizados) e a construção costuma ser melhor e possuir mais privacidade.

20% dos consumidores preferem casa nova. Principais motivos: casas com eficiência de energia, economizando no bolso e ajudando o planeta; habilidade de adequar a casa para suprir as suas necessidades; menos manutenção (principal motivo). Além disso, casas novas possuem mais espaço interno, mesmo que para isso precisem sacrificar o tamanho do lote e do quintal.

5% dos consumidores disseram que não tinham preferência.

E você, o que prefere? O primeiro passo é saber onde você deseja sua casa – qual área? Algumas áreas estão bem saturadas e não têm espaço para novas construções.  Depois disso, resolver quais são as prioridades para sua família e para você. Façam uma lista realista do que vocês realmente necessitam e o que querem. Lembrem-se de que não conseguirão tudo o que está na lista. Nesse caso, tenham bom senso e escolham os itens mais importantes, tais como local, estrutura, escolas (se necessário); coisas que não poderão ser trocadas mais tarde ou que custarão muito. Pensem que novas ideias – carpete, pintura, geladeira, fogão etc. – poderão ser colocadas em prática mais tarde.

Hoje, o mercado está facilitando mais a vida de quem vende do que para quem compra. Normalmente, estamos vendo múltiplas ofertas na mesma casa e em um período de tempo bem curto. No fim, vence aquele que tem o “bolso maior”, paga à vista e exige menos dos donos atuais. O inventário está baixo e a procura está em alta devido à percepção de que os preços estão subindo em um mercado com baixo inventário.

Matéria sobre esse estudo foi adquirida em 2012 – Information, INC Bethesda, MD.

No dia 25, desejo que todos celebrem o lindo aniversário de JESUS.

Feliz Natal e que 2013 seja repleto de bênçãos, paz, saúde e harmonia!

Vera Mendonça – Realtor
(407)367-8711
vera@nossagente.net