Qual a sua expectativa para 2019? Empresários e líderes comunitários opinam

Qual a sua expectativa para 2019? Empresários e líderes comunitários opinam

O Jornal Nossa Gente ouviu a opinião de empresários, líderes de comunidade sobre a expectativa para 2019, apontado como o ano da prosperidade. Saiba o que pensam e os projetos que prometem alavancar Orlando

Edição de dezembro/2018 – p. 04, 05, 06

Com a chegada de um novo ano, a renovação de projetos e a expectativa para transpor desafios e alcançar novos horizontes é meta primordial entre empresários, formadores de opinião, líderes de comunidade e a população em geral. E todos, indistintamente, estão imbuídos no propósito de consolidar objetivos e reaver conceitos no contexto de seus respectivos trabalhos, visando prosperidade. De qualquer forma, o ano vindouro traz a esperança de que tudo pode melhorar, e que valem todas as tentativas.

E para os que tiveram êxito profissional em 2018, o otimismo pode ganhar mais força, com a certeza de que o próximo – 2019 – continue no mesmo caminho. Entretanto, os que atravessaram dificuldades têm nova chance de deixar os problemas no passado e renovar as energias para um futuro mais agradável. Sem dúvida, é uma etapa de mudanças, a chamada segunda chance para colocar as coisas nos seus devidos lugares.

O “Nossa Gente” conversou com empresários, líderes de comunidade, empreendedores, enfim, brasileiros que fazem a diferença em suas respectivas áreas de atuação para saber exatamente o seguinte questão: Qual a expectativa para 2019? E veja o que cada um deles respondeu:

O CEO da “Costa Brazil Tours & Travel”, em Orlando, Claudio Costa, aposta em 2019 e diz que, “está chegando o ano da prosperidade”, impulsionando todos os segmentos de trabalho na cidade. “Dois mil e dezenove promete ser um ano bom, próspero para os negócios em Orlando. O Brasil crescendo, fortalecerá a comunidade fora do país. Ajuda a alavancar as atividades comerciais em Orlando, também fortalecendo o turismo”, enfatiza. “Tenho certeza disso. Vamos ter novidades na ‘Costa Brazil Tours & Travel’. E se dois mil e dezoito foi um ano difícil para todos, com muita luta e trabalho, está chegando o ano próspero. Aposto em dois mil e dezenove, o ano da prosperidade”, comemora o empresário.

Claudio Costa

Para Fúlvio Romano, arquiteto e sócio da “Rabits & Romano Architecture – Planejamento e Desenho”, formado em Arquitetura pela “University of South Florida”, em Tampa, “já temos importantes projetos a serem executados em dois mil e dezenove, até os oito primeiros meses. Isso significa que teremos muito trabalho pela frente. A cidade de Orlando continua crescendo, e para a empresa será um ano bom, como foi em dois mil e dezoito. Não paramos de trabalhar e vamos dar continuidade às novas atividades no ano que chega. Em dois mil e dezenove será o meu último ano como integrante do grupo ‘Review Board (ARB)’, responsável pela estética arquitetônica do Downtown Orlando. Uma experiência que completa quatro anos e estou satisfeito com o trabalho que vem sendo desenvolvido no conselho da cidade”, relata o arquiteto.

Fúlvio Romano

Roosevelt Ramos, coordenador de campanha da “Fundação Icla da Silva”, que há vinte e cinco anos realiza importante tarefa de ajuda aos pacientes com câncer e outras doenças tratáveis como o transplante de medula óssea, disse o seguinte: “A nossa expectativa para dois mil e dezenove é que as pessoas sejam tocadas por Deus para que ajudem os pacientes que precisam do transplante de medula óssea. São pessoas que lutam pela vida com força e esperança. Estamos perdendo crianças por falta de solidariedade. Peço a todos para que se sensibilizem com a causa e fortaleça a nossa campanha de resgatar vidas. Aos interessados, nesse ano que chega, entrem em contato comigo (407-276-4860) e participem dessa corrente de fé pela vida”, enfatiza Roosevelt.

Roosevelt Ramos

CEO do Grupo “Norbert Trading Corporation”, e criador da “Air Force Fun Flyer”, em Orlando, Norberto Duarte vê o ano de 2019 com ressalvas, e quer colocar o pé no freio. “Estou com sessenta e seis anos de idade e tenho trabalho muito nesses anos, mas em dois mil e dezenove vou conter mais as minhas atividades na engenharia. Será um ano delicado na relação entre os Estados Unidos e a China, portanto, não vou investir em grandes projetos. Continuo trabalhando com helicópteros porque o turismo em Orlando se mantém atuante, dinâmico, impulsionado pela proposta dos parques Disney e Universal, e isso tem atraído muitos turistas. Há, inclusive, novos projetos no setor da hotelaria, e Orlando será uma cidade mais barata, como aconteceu em Las Vegas”, comenta o empresário.

Norberto Duarte

A presidente da “People Who Make A Difference Foundation”, Marcia Romero, que ajuda imigrantes e famílias carentes em Orlando, explica que em 2019, “a minha expectativa é de que eu possa fazer um trabalho mais amplo, que atinja a comunidade local, extremamente carente. A carência em Orlando é alarmante. Quero suprir também com informações precisas, orientado essas famílias – americanos vivendo abaixo da linha da pobreza –, de que há esperança. O meu objetivo é conscientizar os pais dessas crianças, sem condições de ter agasalho para ir à escola, de que estamos trabalhando. A parte da educação é mais longa, e estou fazendo parceria com grandes hospitais para que as pessoas sem planos de saúde possam ser atendidas. Tenho também parceria com grandes fundações. E não é só o imigrante ilegal que não tem seguro médico, há muitas famílias americanas carentes em Orlando, sem seguro. Quero energizar essas pessoas. Não pretendo mudar um sistema, mas vou me empenhar para que tenham qualidade de vida”, avisa.

Marcia Romero

O CEO do “Camila’s Restaurant”, em Orlando, Leonardo Charamba, o Léo, está otimista com o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), trazendo esperança para a população brasileira. “Dois mil e dezenove será um ano importante no âmbito político para o Brasil, que saiu de uma linha esquerda para uma direita conservadora, e acredito que nos próximos quatro anos o brasileiro vai viajar mais para o exterior, com mais voos para Orlando, que tem a preferência dos brasileiros. E com a economia em alta, o dólar vai ter estabilidade, ficando no patamar dos 3,20 a 3,40, acredito. O ano promete muito e o governo federal conta com equipe muito competente, composta por nomes importantes”, diz o empresário. “E o que mais assusta o brasileiro é a instabilidade do dólar. Quanto ao ‘Camila’s’, vamos ter novidades, com a reforma do restaurante”.

Leonardo Charamba

O jornalista Paulo Correa, idealizador do “Brazilian Day Orlando Festival”, que em 2019 acontecerá no dia 19 de maio, no Lake Eola Park – em Downtown, tem uma série de novidades para o novo ano. “Será um ano de muito sucesso, pois fechamos ótimas parcerias, o que irá impulsionar ainda mais o ‘Brazilian Day Orlando Festival’, entre outros projetos, com a presença de artistas que detém milhões de seguidores nas redes sociais. No final de fevereiro, as atrações do ‘Orlando Festival’ serão apresentados à imprensa. Outra novidade será o lançamento da web rádio – Rádio Orlando News –, no final do mês de janeiro. No mês de março, teremos uma grande surpresa – o jornalista não quis revelar e mantém o suspense –, que será de extrema importância para o nosso trabalho junto ao público. Portanto, o ano de dois mil e dezenove será pontuado de lançamentos em Orlando, contando com a participação de profissionais de destaque nos meios de comunicação”, revela Paulo Correa.

Paulo Correa

E você, leitor, qual a sua expectativa para 2019?