Metas do Consulado em Miami para as atividades em 2017

Metas do Consulado em Miami para as atividades em 2017

voltar

NOV/2016 – pág. 04

Embaixador Adalnio Senna Ganem
Embaixador Adalnio Senna Ganem

Durante evento da “Focus Brasil Orlando”, realizado na cidade de Orlando, o embaixador Adalnio Senna Ganem – o novo Cônsul-Geral do Brasil em Miami -, conversou com a equipe do “Jornal Nossa Gente”, oportunidade em que expôs as suas estratégias de trabalho que visa um programa especial para 2017. A meta, segundo o diplomata, é intensificar as atividades culturais e educacionais, além de estar em estudo à possibilidade de se criar em Orlando o Consulado Honorário, que irá agilizar a demanda de atendimento aos brasileiros na região. Sem data ou local, definidos, o Consulado Honorário deverá ter atividade permanente – caso seja consolidado -, e os trabalhos poderão ser executados por voluntários, sob a supervisão do Consulado em Miami. “Estamos estudando essa possibilidade de no futuro montar uma estação de trabalho na cidade de Orlando, que ficará incumbida no auxílio aos emigrantes, suprindo a necessidade de deslocação para outras regiões”, explica o embaixador que se referiu ao projeto pela primeira vez.

Ainda se referindo ao Consulado Honorário, complementou o Cônsul-Geral do Brasil em Miami que o projeto vem sendo analisado e, caso seja mesmo executado, “vamos providenciar um local adequado e compatível”, complementa. “É a primeira vez que falo sobre o assunto a um órgão de imprensa, mas acredito que se trata de uma meta de extrema importância, que poderá complementar o nosso trabalho de assistência aos brasileiros. Pretendemos contar com os trabalhos do pessoal voluntário, que nos ajuda e que terá o respaldo do Consulado em Miami”, complementa. E quanto ao Consulado Itinerante, as suas atividades continuam na cidade, beneficiando a Comunidade brasileira.

Demonstrando satisfação em trabalhar com a Comunidade na Flórida, Adalnio Senna Ganem enfatiza a solidariedade e a organização dos brasileiros no Estado. “Estou feliz em trabalhar com a comunidade na região. São pessoas que demonstram solidariedade e isso me causou um impacto muito positivo”, ressalta. Em relação à comunidade brasileira em Atlanta – o diplomata foi responsável pela abertura do Consulado-Geral em Atlanta -, na Flórida, reforça o embaixador, “há mais organização e os trabalhos são mais intensos. O perfil da comunidade da Flórida é bem diversificado, e abrange todos os níveis de pessoas o que requer atividades intensas para atender a todos. Vamos utilizar os trabalhos já existentes e intensificar as nossas atividades em diversas áreas”, enfatiza.

“Vamos criar um programa especial para 2017, compatível às necessidades dos brasileiros na Flórida. Estive vendo e analisando o relatório do meu colega – embaixador Hélio Vitor Ramos Filho que esteve no cargo por cinco anos -, e verifiquei que há uma movimentação cultural importante em Miami com a realização do ´Festival Brasileiro de Cinema´, do ´Focus Brasil´, além de eventos de artes plásticas, centro comunitário, dança, enfim, uma infinidade de atrações de extrema valia. A nossa meta é dar total apoio e incentivo a essas atividades, mobilizando a nossa comunidade para as atividades culturais”, relata.

No setor da Educação, o diplomata – natural da Bahia (BA) -, promete conversar com o Ministro da Educação – Mendonça Filho -, visando intensificar os trabalhos de Intercâmbio da Língua Portuguesa na Flórida, pelo “Centro Cultural Brasil”. No âmbito abrangente, o embaixador citou a Flórida como área para grandes investimentos, que vem recebendo investidores brasileiros na abertura de negócios e expansão de suas respectivas empresas. “As pessoas – se referindo a todos os segmentos -, trabalham muito e isso é um fator essencial, muito positivo, impulsionando a economia do país”. O emigrante na Flórida, principalmente em Orlando, comenta o embaixador, “tem um perfil empreendedor, pessoas que têm se estabelecido na região com sucesso e plena atividade empresarial”.

Cônsul adjunto

O Cônsul adjunto, Eduardo Galvão, responsável pelo setor de apoio aos brasileiros, vítimas da violência doméstica, entre outros assuntos de ordem jurídica, explanou seu trabalho junto à comunidade, providenciando suporte jurídico e psicológico aos necessitados. “Temos orientado os brasileiros que se encontram em dificuldades de ordem jurídica e psicológica. Em 2015, por exemplo, recebemos no Consulado a visita de mais de cento e cinquenta pessoas, com problemas familiares, que recorreram aos serviços disponibilizados pelo Consulado. É importante divulgar esse nosso trabalho porque muitos brasileiros desconhecem. Não sabem que o Consulado presta este tipo de serviço, e que todos poderão solicitar ajuda quando for necessário. Trabalhamos em parceria com as pessoas que vivenciam problemas de ordem familiar”, acrescenta.

Cônsul adjunto, Eduardo Galvão
Cônsul adjunto, Eduardo Galvão

“A violência doméstica tem acontecido com frequência nos lares dos brasileiros e nós procuramos orientá-los, inclusive, quando há disputa pela guarda do filho menor, de acordo com as normas da Legislação Brasileira e da Legislação americana, dependendo do caso. Os brasileiros podem procurar auxílio no Consulado para obter assistência devida. Estamos prontos para ouvir o problema e nortear e apoiar os envolvidos no que for necessário”, finaliza.

Serviço

Consulate General of Brazil

Endereço: 3150 SW 38th Ave, Miami, FL 33146

Telefone: +1 305-285-6200


WaltherAlvarenga

Walther Alvarenga