Ordem de Biden, que proíbe deportação por 100 dias, é suspensa por juiz federal

Moratória de deportação de 100 dias de Biden é suspensa pelo juíz Drew Tipton

 

O juiz distrital, Drew Tipton, emitiu uma ordem de restrição temporária buscada pelo Texas, que processou na sexta-feira um memorando do Departamento de Segurança Interna que instruía as agências de imigração a pausar a maioria das deportações

 

Da Redação

Por determinação do juiz distrital, Drew Tipton, foi proibida nesta terça-feira a moratória de deportação de 100 dias – meta de governo do presidente Joe Biden –, que entrou em vigor na última sexta-feira, em reversão à política de administrativa de Donald Trump, que tornava qualquer cidadão ilegal no país a ter prioridade para deportação. Nomeado pelo ex-presidente, Tipton enfatizou que a equipe de Biden “falhou” em fornecer qualquer justificativa, “concreta e razoável”, para a pausa nas deportações.

Drew Tipton alega “falha”- Segundo apoiadores do governo, a ordem de Tipton representa um golpe precoce para a administração Biden, que propôs mudanças de longo alcance buscadas pelos defensores da imigração, incluindo um plano para legalizar cerca de 11 milhões de imigrantes que vivem indocumentados nos EUA. Biden prometeu, durante sua campanha, emitir a moratória.

O secretário de Segurança Interna em exercício, David Pekoske, assinou um memorando no primeiro dia de Biden instruindo as autoridades de imigração a se concentrarem na segurança nacional e nas ameaças à segurança pública, bem como em qualquer pessoa presa entrando ilegalmente nos EUA após 1º de novembro.

“A pausa do governo nas deportações não é apenas legal, mas necessária para garantir que as famílias não sejam separadas e as pessoas não sejam devolvidas ao perigo desnecessariamente enquanto o novo governo analisa as ações anteriores”, disse Kate Huddleston, da “American Civil Liberties Union” do Texas.

Huddleston, contestou os argumentos do procurador-geral do Texas, Ken Paxton, que disse em bom tom que a moratória de Biden violava a lei federal, bem como um acordo assinado pelo Texas com o Departamento de Segurança Interna no final do governo Trump.

E embora a ordem de Tipton impeça a aplicação de uma moratória, ela não exige que as deportações sejam retomadas em seu ritmo anterior. As agências de imigração normalmente têm latitude no processamento de casos e no agendamento de voos de remoção. O Departamento de Segurança Interna não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.