11 motivos pelos quais sua casa não é vendida

11 motivos pelos quais sua casa não é vendida

Edição de janeiro/2019 – p. 29

Assim que se coloca uma casa no mercado para vendê-la, tem-se a esperança de fazê-lo rapidinho, principalmente se já se gastou muito com melhorias nela, bem como se a subdivisão onde ela está localizada for uma que atrai muitos compradores. Não entre em pânico se ela não for vendida logo, somente comece a se preocupar se os meses passarem e não tiver nenhuma proposta de compra. A seguir, listaremos 11 motivos que podem atrapalhar a venda:

1. A casa está sendo hipervalorizada. Se a casa está acima do preço real, ela não será vendida. Compare sua propriedade com outras similares (na mesma área) que foram vendidas recentemente para obter o valor real do seu imóvel. Não cometa o erro de acrescentar os custos gastos com renovações feitas, pois nem todos são valores considerados adicionais;

2. A exposição da casa está fraca. Muitos compradores não terão interesse em conhecer a casa se ela estiver com uma descrição sem efeito e sem fotos. Você e seu corretor devem criar uma exposição que atraia compradores através de fotos de boa qualidade do interior e do exterior da casa. Não se esqueça de publicar os detalhes especiais que ela possuir;

3. Estar sempre na casa quando o comprador ir conhecê-la. Deixe o corretor cuidar dessa parte, pois a maioria dos compradores não gosta de ter o proprietário do imóvel checando cada passo deles, principalmente se for “open house” (casa aberta ao público). Sua presença pressiona o comprador, fazendo com que ele se sinta desconfortável;

4. Seu apego pela casa é muito grande. Há muitas dificuldades para um acordo entre vendedor e comprador quando o proprietário ainda tem dúvidas se deve vender a casa ou se acredita que ela seja muito melhor do que realmente é;

5. A casa não foi limpa por profissionais. Uma casa suja sempre causa má impressão nos compradores, portanto contrate profissionais para limpar carpetes e janelas antes de ter compradores visitando-a;

6. A casa não está mobiliada/decorada. Não mostre uma casa vazia, pois isso dificulta o comprador se imaginar vivendo na casa enquanto ele faz um tour por ela. Mobilie/decore-a para valorizar cada ambiente;

7. Sua decoração pessoal estar exposta na casa. Os compradores se sentirão desconfortáveis com porta-retratos de família à vista. Guarde tudo que for “pessoal” para que os compradores possam realmente se imaginar residindo nela;

8. As melhorias feitas na casa são personalizadas demais. Um mural de revistinhas pintado para seu filho pode ser incrível, o que não significa que compradores vão concordar com isso. Áreas muito personalizadas podem afastar alguns compradores que não querem pagar por detalhes que não lhes interessam;

9. A casa está muito cheia. Mesmo que a casa esteja limpa, coisas amontoadas são problemas. Exemplo: há muitos móveis em um mesmo ambiente, fazendo com que a casa pareça menor;

10. A casa necessitar de muitos reparos. Quanto mais reparos precisarem ser feitos, menos chance a casa tem de ser vendida, pois muitos compradores não querem lidar com custos adicionais ou o trabalho de fazer reparos (mesmo que eles sejam pequenos como substituir um azulejo quebrado);

11. O corretor escolhido não ser adequado. Escolher o corretor certo é a decisão mais importante para se vender uma casa, pois ele fará toda a diferença para que ela seja vendida dentro de um tempo razoável.

Todos os 11 motivos podem ser resolvidos a partir do momento em que se reconhecer esses erros. Saiba que quanto mais tempo a propriedade ficar no mercado, menor a chance de ser vendida pelo preço listado. Trabalhe sempre com um corretor de imóveis.

Informação adquirida de Housecall e escrita por Charles Muotoh.

Feliz 2019!