10 coisas que todo corretor gostaria que seu comprador soubesse

10 coisas que todo corretor gostaria que seu comprador soubesse

Edição de abril/2018 – p. 29

Para a maior parte das pessoas, comprar uma casa não é um acontecimento frequente e os compradores de primeira viagem não têm experiência. O corretor entende que o comprador terá muitas perguntas e precisa de assistência e esse é o trabalho dele, mas existem conhecimentos prévios que todo corretor gostaria que seu cliente tivesse.

Esteja pronto para comprar a casa

É ótimo que o comprador fique procurando e sonhando com a sua casa. Isso o ajudará a descobrir o que lhe agrada ou não em uma casa. Vá a open houses, visite condomínios e vizinhanças, sonhe e sonhe grande! Mas quando se tem um Realtor trabalhando para você, esteja pronto para tomar decisões.

Esteja pré-aprovado

Você pode se sentir pronto a comprar, mas a poupança e o histórico de crédito contam uma história diferente. O Realtor poderá ajudá-lo indicando boas companhias para o seu financiamento e especialistas para reparar seu crédito. No entanto, coloque sua situação financeira em ordem… Esse é o primeiro passo.

Suas finanças

Ser aprovado em $160,000 não quer dizer que é preciso gastar essa quantia na compra da casa. Inclua em seu plano financeiro todos os gastos, até os que não aparecem no seu processo de pré-aprovação (custos adicionais de ser proprietário de uma casa e custo de manter um estilo de vida, tais como viagens, entretenimento, restaurantes etc.) e subtraia essas quantias, bem como a quantia do empréstimo para realmente determinar o que pode ser comprado sem comprometer sua qualidade de vida.

Ao visitar os imóveis, atenção ao que fala

Com o aumento de equipamentos de segurança, monitores de bebê etc., conversas tidas dentro da casa pode chegar ao ouvido do proprietário do imóvel ou do Realtor dele, que podem até estar na casa e escutar. Comentários críticos sobre o estilo do proprietário ou de suas coisas pessoais podem criar um ambiente hostil de negociação, assim como demonstrar entusiasmo demais pelo imóvel (dizer que amou a casa, por exemplo) permite ao proprietário um poder maior de negociação. Deve-se omitir comentários e opiniões a respeito do imóvel.

Alguns tópicos não devem ser mencionados

Por favor, não pergunte ou espere que seu Realtor dê conselhos e informações de ordem legal ou sobre seu imposto de renda (eles não podem fazer isso). O Realtor é um especialista em imóveis e terras para futuras construções. No entanto, eles podem indicar peritos para essas áreas de conhecimento. “Fair Housing Laws”, por exemplo, proíbe o Realtor de efetuar práticas discriminatórias que incluem discutir certos tópicos, tais como a composição racial de uma vizinhança ou se a área é segura.

Reduza distrações

Quando for conhecer imóveis, é melhor deixar as crianças (especialmente as menores) com uma babá de confiança ou com um membro da família. Assim, o foco será avaliar as casas escolhidas para visitar, analisando-as melhor.

Conversar com o Realtor do proprietário

Seu Realtor representa você. O Realtor do proprietário não é um inimigo, mas é responsável por conseguir o maior valor monetário pela casa do proprietário. Às vezes, até uma conversa inocente pode entregar informações que não beneficiarão a negociação (por exemplo, Joe tem um novo trabalho e começa no dia 25). Essa informação informal diz ao Realtor do proprietário que você provavelmente tem pressa para comprar e mudar. Isso diminui a habilidade do seu Realtor de assegurar um melhor preço no seu imóvel.

A delicada arte da negociação

O preço da compra é muito importante, mas há outros fatores que também exercem um papel muito significativo na hora de negociar. Se houver inflexibilidade de sua parte em relação a muitos termos e condições, tais como o dia da mudança, a lavadora, secadora de roupa e o parquinho precisam estar incluídos na compra; o proprietário pode optar por escolher a oferta de outro comprador, simplesmente porque ele se apresenta mais maleável e querendo trabalhar em conjunto para que a venda ocorra, mesmo que o preço seja um pouquinho menor.

A casa certa pode demorar um pouco mais

Se não vai comprar um imóvel à vista e não sabe exatamente o que quer e onde o encontrar, a casa certa pode levar algum tempo. Com a ajuda de seu Realtor, você priorizará suas necessidades e desejos, comparando-os ao local desejado e às condições do mercado atual. Às vezes, tudo acontece rapidamente, mas é preciso ter paciência para encontrar e finalizar a compra da casa certa, com o preço certo.

Você está entrando em um relacionamento

Quando se contrata um Realtor para trabalhar, ele concorda em investir tempo e trabalho para encontrar a casa certa. Esse é um relacionamento baseado em lealdade mútua. Para um acordo positivo para ambos os lados, o Realtor pode pedir-lhe para assinar um documento chamado “Buyer Representation Agreement” (acordo para representar o comprador). Isso é prática comum em muitos estados e assegura receber uma representação de alto nível na compra do imóvel. Antes de assinar um documento legal, informe-se e tire todas as suas dúvidas. Seu Realtor vai agradecer, pois essa é a melhor forma de firmar um relacionamento como um time, trabalhando juntos para auxiliar na realização do seu sonho: a compra da casa própria.

Quando se está comprando um imóvel, mesmo que o Realtor trabalhe para você, quem paga a comissão dele é quem está vendendo o imóvel. Existem algumas exceções e seu Realtor pode esclarecê-lo a respeito disso.

Fonte: Rebacc Staff.