Visita a médicos

Visita a médicos

voltar

MAR/2016 – pág. 38

sua_saude_rosario

Quantas vezes você foi ao médico e saiu de lá se lembrando somente da metade do que o médico lhe disse? Normal. Nosso cérebro está geralmente sobrecarregado com várias emoções e, por isso, o raciocínio e a memória ficam mais comprometidos. Começa pela preocupação (ou medo), um sentido de vulnerabilidade (ou vergonha), confusão, depressão etc. Normal sentir-se assim: nem efetivos, nem corajosos.

De maneira geral, visita a médicos costumam ser rápidas, assim não temos tempo de processar tudo e nos esquecemos de fazer perguntas importantes (algumas somente são lembradas depois da consulta). Por isso, darei algumas sugestões: grave a conversa; tome notas; leve consigo uma pessoa de confiança que o ajude a lembrar-se das informações dadas; anote todas as perguntas que deverão ser feitas (Como este tratamento afeta minha vida?, Quanto tempo ele demora?, Posso pará-lo a qualquer momento?, Quais são os efeitos secundários?, Como a maioria das pessoas reage a ele?, O que acontecerá se o tratamento não for feito?, Existem outras opções?, Há algum tratamento natural que possa substituí-lo e que sirva para o meu caso?, O Senhor o recomendaria se no meu lugar estivesse seu pai ou mãe?, Como posso falar com o senhor se eu tiver algum questionamento?, Deixo uma mensagem falada ou envio um e-mail?)

Se necessário, em seguida à visita, relate tudo o que ouviu e entendeu e envie pelo correio, e-mail ou deixe uma mensagem falada para confirmar que tudo ficou claro. Procure também uma segunda opinião.

Informe-se, lendo sobre o assunto. Assuma sua posição: você tem direito de perguntar tudo o que for preciso, recebendo respostas em linguagem clara e simples. Se precisar, respire fundo e peça a explicação novamente. É muito importante que você tenha esclarecido todas as dúvidas e que confie no médico. Você é responsável por sua saúde – base de nossa felicidade!

Venha e participe! Telefone ou envie um e-mail se precisar de meu apoio.

Para mais dicas e recomendações, permitam-me recomendar os meus dois e-books e vídeo, respectivamente: “Autoestima e Relacionamentos – Segredos Essenciais”; “Autoestima – Ferramentas Indispensáveis e Segredos Saborosos para um Bem-Estar Físico e Mental”,
(http://www.ortigao.com/EbooksandVideos.en.html).


Rosario Ortigao, LMHC, MAC
Conselheira de Saúde Mental
407 628-1009
rosario@ortigao.com