Nosso lar pós-coronavírus

Nosso lar pós-coronavírus

Nunca passamos tanto tempo em nossas casas, não é mesmo? E, com certeza, viveremos de uma outra forma quando passar esta pandemia. Descobrimos, ao longo deste tempo novas necessidades, cômodos que não exerciam seu papel adequadamente, ambientes que necessitavam mais conforto, etc.

Acreditamos que, desta vez, as mudanças acontecem na maneira de como vivemos o nosso lar. Uma delas é a higienização. Tirar os sapatos antes de entrar em casa, lavar as mãos, ter um apoio logo no acesso principal da casa, quem sabe um hall de entrada pensado nestes detalhes?

Outro ponto importante é uma hortinha dentro da casa ou do jardim, hábitos saudáveis e cuidados com a alimentação também serão repensados. Para que o plantio e a colheita deem certo, é preciso ter uma terra bem adubada e com boa quantidade de matéria orgânica.

O que não podemos esquecer é daquele ambiente que antes não dávamos muita importância e agora virou o centro das atenções, o home office, que exigirá um local adequado dentro da casa, com privacidade e um bom sinal de internet. Além disso, como já havia falado anteriormente, uma cadeira com boa ergonomia e iluminação adequada são essenciais. A luz natural também será valorizada. Nada como ter uma boa iluminação na casa, com varanda bem arejada ou então uma conexão com a área externa, com esquadrias amplas que integram o ambiente ao pátio. Com certeza, a relação da casa com o jardim mudará.

A casa precisa nos abraçar e, para isso, o conforto visual e o aconchego são fundamentais, os revestimentos como algodão, linho, mantas ganham destaque pelo conforto que proporcionam. Quanto mais virtuais nos tornamos, mais buscamos experiências sensitivas. A busca pelo natural, palhas, fibras, cerâmicas traz a sensação de conexão com a natureza, além de nos sentirmos abraçados pelo lar.

E, por fim, acreditamos que o consumo seja consciente, as pessoas pensarão mais para comprar. As ações desenfreadas tendem a cair, as pessoas comprarão mais em função da sua necessidade, reduzindo assim o impacto no meio ambiente.