Casa Branca detalha finalidade de 33 bi que Biden pediu para ajudar à Ucrânia

Joe Biden solicitou US$ 33 bilhões ao Congresso para Ucrânia cobrir custos com armamentos e alimentos

A aprovação de US$ 33 bilhões à Ucrânia significa mais dinheiro para limpar minas terrestres e artefatos explosivos improvisados; ajudar o governo ucraniano a responder à crise imediata da guerra e continuar a fornecer serviços ao seu povo

Da Redação

A importância de US$ 33 bilhões que o presidente Joe Biden pediu ao Congresso para Ucrânia destina-se a ajudar o país em necessidades que inclui equipamento militar para a luta imediata, ajuda econômica para o futuro. O pacote também permitiria maiores capacidades cibernéticas e sistemas avançados de defesa aérea, além de maior suporte de inteligência.

______continua após a publicidade_______

retaxes

A aprovação significaria mais dinheiro para limpar minas terrestres e artefatos explosivos improvisados, diz a Casa Branca, e permitiria ao governo ucraniano lidar melhor com ameaças relacionadas a materiais químicos, biológicos, radiológicos e nucleares.

Além disso, o dinheiro visa apoiar o envio de tropas dos EUA para o território da OTAN, cobrindo os custos de transporte e equipamentos para o pessoal dos EUA, serviço temporário, pagamento especial, transporte aéreo e apoio médico.

O presidente está solicitando US$ 20,4 bilhões para manter o fluxo de armas e munições para os ucranianos que defendem Kiev e para reforçar as defesas nos países vizinhos. Esse dinheiro pagaria por artilharia adicional, veículos blindados e capacidades anti-blindagem e antiaérea.

Assistência econômica

Cerca de US$ 8,5 bilhões do pacote são destinados à assistência econômica para ajudar o governo ucraniano a responder à crise imediata da guerra e continuar a fornecer serviços básicos ao seu povo. Garantiria às necessidades mínimas de alimentos, energia e assistência médica à medida que os negócios do país fecham – compra de gás e apoio ao agronegócio.  

A proposta pede US$ 3 bilhões para programas alimentares e humanitários em todo o mundo e busca proteger outros países de choques de preços causados ​​por problemas relacionados à guerra na cadeia de suprimentos global. Isso significa fornecer trigo e farinha para nações em desenvolvimento afetadas pela invasão russa.  

A ajuda também compraria suprimentos médicos, cobertores térmicos, kits de emergência, água potável e materiais de abrigo para ucranianos deslocados. Ele também tem apoio financeiro para treinamento profissional.

O pedido do presidente tem um adicional de US$ 500 milhões para aumentar a produção dos EUA de culturas domésticas que estão em falta devido à guerra, como trigo e soja – maior acesso ao crédito e menos risco para os agricultores, reduzindo custos para os consumidores americanos.

____________________publicidade___________________

seguro

seguro

anuncie