Vítimas de ginecologista receberão R$ 420 mi em indenizações

Vítimas de ginecologista receberão R$ 420 mi em indenizações

Médico fez fotos e filmou milhares de pacientes em consultas, durante 20 anos

Nikita Levy se matou no ano passado durante investigação de caso Foto: Sky News / Reprodução
Nikita Levy se matou no ano passado durante investigação de caso
Foto: Sky News / Reprodução

Um médico ginecologista da cidade americana de Baltimore foi acusado de ter filmado milhares de pacientes durante consultas no hospital John Hopkins, em mais de 20 anos de carreira. As informações são da Sky News.

Nikira Levy teria tirado fotos e feito vídeos de 9 mil mulheres com uma câmera acoplada em uma caneta.

Levy se matou no ano passado durante as investigações policiais do caso. Em sua casa, foram encontrados os vídeos e as fotos que provam os crimes e, por isso, as vítimas poderão dividir a indenização milionária de US$190 milhões (quase R$ 420 milhões) paga pelo hospital.

Segundo o advogado das mulheres, elas se sentiram “brutalmente perturbadas” pelo ocorrido e muitas delas precisaram de “aconselhamento, tendo ficado sem dormir, sendo disfuncionais em casa e no trabalho”.

O acordo está entre os maiores registrados nos EUA envolvendo má conduta sexual por um médico.

Kim Hoppe, um porta-voz do hospital, disse que o acordo veio depois de quase um ano de negociações.  “É nossa esperança que esta solução ajude as pessoas afetadas”, disse.

Fonte: terra.com.br

Posted In: