Técnico do Galatasaray quer Kaká como reforço para a equipe turca. o Los Angeles Galaxy e o New York Red Bull também já mostraram interesse no meia brasileiro

Técnico do Galatasaray quer Kaká como reforço para a equipe turca. o Los Angeles Galaxy e o New York Red Bull também já mostraram interesse no meia brasileiro

Kaká tem contrato com o Real Madrid até 2015, mas uma possível saída do jogador em janeiro de 2013 começa a agitar o mercado da bola.

Nem mesmo o fato de ter sido capitão e titular do Real Madrid na goleada sobre o Ajax na última terça-feira, pela Liga dos Campeões, deve mudar a situação de Kaká no clube. O jogador ainda foi autor de um golaço no triunfo contra os holandeses, eleito como o gol internacional mais bonito em votação pelos internautas do “É o Gol”, programa exibido pelo PFC Internacional. Mesmo assim, após a partida, o brasileiro afirmou que pretende ficar nos merengues, mas admitiu conversar com a diretoria para chegar a um acordo e mudar de ares, já que não vem sendo muito aproveitado pelo técnico José Mourinho.

O Galatasaray, da Turquia, é o mais novo candidato à contratação de Kaká. No último sábado, o técnico da equipe, Fatih Terim, revelou que pediu à diretoria o reforço do meia brasileiro, que também está na mira do Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos.

Caso acerte com o Galatasaray, Kaká vai reencontrar o volante Felipe Melo, com quem atuou pela seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010, além do zagueiro Cris. Para ter o meia brasileiro, Terim rejeitou outros dois nomes de peso: Diego, do Wolfsburg, e Wesley Sneijder, encostado no Inter de Milão.

Atualmente, o time turco lidera o campeonato local e está classificado para as oitavas de final da Liga dos Campeões. Apesar de saber que Kaká não poderia atuar na competição europeia, pois já jogou pelo Real, o presidente do Galatasaray, Ünal Aysal, afirmou que não medirá esforços para realizar o desejo de Terim. O mandatário, entretanto, ressaltou a dificuldade da negociação: o salário do meia, de € 9 milhões anuais, é um empecilho para o clube.

Além disso, há a concorrência de times da MLS – o Los Angeles Galaxy e o New York Red Bull já mostraram interesse em Kaká.

Kaká admite sair do Real Madrid caso chegue a um acordo com o clube. O contrato dele vai até 2015.

Dono do Los Angeles Galaxy, o empresário Tim Leiweke, confirmou que vai tentar a contratação do brasileiro, e que o vê como o substituto ideal para David Beckham, que está deixando o clube. O meia é um nome forte também por causa do mercado latino-americano. O Galaxy fechou recentemente um contrato de US$ 55 milhões (R$ 117,5 milhões) válido por dez anos com uma rede de TV que possui canais locais em inglês e em espanhol. Segundo Tim Leiweke, o clube precisa de um jogador que seja capaz de atrair esse público, e o brasileiro seria o homem ideal.

Durante a passagem da seleção brasileira por Nova Jersey, em novembro, Kaká disse que gostaria de jogar no país no futuro. A preferência, segundo a imprensa americana, seria o New York Red Bulls. O jogador tem um apartamento na cidade e seu irmão Digão defende o clube atualmente. Contudo, a equipe já ultrapassa os limites salariais de estrelas internacionais permitidos pela MLS por já ter Thierry Henry, Rafa Márquez e Tim Cahill.

Saiba tudo sobre o futebol brasileiro pelo PFC. São mais de 600 jogos ao vivo por ano entre Campeonatos Brasileiros, Copa do Brasil e os Estaduais.