Orlando City goleia atual campeão LA Galaxy por 4 a 0

Orlando City goleia atual campeão LA Galaxy por 4 a 0

ORLvLA-1
Fotos: Orlando City SC / Mark Thor

O Orlando City goleou no dia 17 de maio, domingo, o atual campeão da Major League Soccer (MLS), LA Galaxy, por 4 a 0 frente a 40.122 torcedores no estádio Orlando Citrus Bowl.

Foi a maior goleada de um time estreante sobre o atual campeão na história da MLS. Os Lions ainda quebraram mais um recorde de público para um time debutante na liga, aumentando para 37.446 a média de pagantes nos primeiros seis jogos em casa, em eventos promovidos apenas pela Major League Soccer.

A vitória sobre o LA Galaxy foi também a estreia do goleiro Tally Hall pelos Lions. Hall vinha sendo convocado constantemente para a seleção dos Estados Unidos, até sofrer uma lesão no joelho no ano passado, jogando pelo Houston Dynamo.

______continua após a publicidade_______

seguro

“Estou muito feliz por todos ligados ao clube, especialmente os torcedores, que têm sido incríveis”, disse o técnico Adrian Heath. Estou satisfeito pelos jogadores, porque eles têm trabalhado muito duro. Em geral, esse é um grande dia para todos. O mais importante para nós é continuar fazendo o que é certo. Nós falamos durante toda a semana sobre tentarmos jogar mais agressivamente.”

E foi assim que o Orlando City saiu na frente, em uma jogada que envolveu quatro jogadores e a combinação de seis passes no campo do adversário. Partiu de Kaká, que recebeu de volta de Eric Avila, e lançou o lateral-direito Rafael Ramos. Ramos cruzou na cabeça de Brek Shea, que escorou na medida para Avila, de apenas 1,73m de altura, marcar de cabeça, abrindo o placar para o Orlando City aos 11 minutos do primeiro tempo.

Ainda na etapa inicial, Kaká deixaria o lateral do Galaxy, DeLaGarza, no chão, depois de receber lançamento de Cyle Larin. O meia brasileiro, então, botou o atacante canadense na cara do gol. Larin aumentou para 2 a 0 a vantagem do Orlando City, aos 33 minutos. Foi o quarto gol de Cyle Larin, de 20 anos, em apenas oito partidas como jogador profissional. O lance marcou também a segunda assistência (passe para gol) de Kaká na MLS.

ORLvLA-3
Fotos: Orlando City SC / Mark Thor

Aos dez minutos do segundo tempo, Kaká também marcaria o dele, mantendo-se na artilharia dos Lions, na temporada de estreia dele e do clube na principal liga de futebol da América do Norte.

O colombiano Cristian Higuita roubou uma bola no círculo central e passou para Kaká dentro da área. O goleiro Jaime Penedo saiu nas pernas do meia brasileiro, que caiu. O árbitro Jair Marrufo deu pênalti. Kaká bateu no canto direito e ampliou para quatro o número de gols dele pelo Orlando City em 11 jogos.

Kaká e Larin são, portanto, os artilheiros dos Lions na temporada com quatro gols cada um.

Capitão do time, Kaká homenageou o meia Kevin Molino na comemoração, mostrando para a torcida a camisa número 18. Molino está fora da atual temporada da MLS por causa de uma lesão no joelho direito.

“Para nós, foi um excelente jogo. Hoje é um dia realmente para celebrar”, disse Kaká. “A vitória em casa chegou relativamente tarde, mas a gente pode dizer que as coisas acontecem no momento certo. A gente ganha do atual campeão da liga por 4 a 0, num jogo convincente, muitos gols, torcida presente. O torcedor precisava de um jogo como esse. Uma partida para celebrar e tomar de exemplo para os próximos jogos.”

Dois minutos depois do gol de Kaká, o volante salvadorenho Darwin Cerén tentou um chute de longa distância, da intermediária do campo de ataque. A bola explodiu no travessão do Galaxy. Mas, aos 27 do segundo tempo, a bola se apresentaria novamente para ele na mesma posição. Dessa vez, Cerén bateu rasteiro. A bola desviou no zagueiro do Galaxy, Tommy Meyer, e enganou o goleiro Penedo. 4 a 0 Orlando City.

Orlando City SC 4×0 LA Galaxy

Gols:

ORL – Eric Avila (assistência – Brek Shea) 11’

ORL – Cyle Larin (assistência – Kaká) 33’

ORL – Kaká (Penalty) 10’

ORL – Darwin Cerén 27’ – 2˚ tempo

Cartões:

ORL – Kaká (amarelo) 10’

LA – Jaime Penedo (amarelo) 13’ – 2˚ tempo

LA – Mika Vayrynen (Yellow Card) 19’ – 2˚ tempo

Escalações: 

Orlando City SC – Tally Hall; Rafael Ramos, Sean St. Ledger, Seb Hines e Luke Boden; Darwin Cerén, Cristian Higuita (Amobi Okugo 27’ – 2 tempo), Eric Avila, Kaká e Brek Shea (Martin Paterson 31’ – 2˚ tempo); Cyle Larin (Carlos Rivas 31’ – 2˚ tempo) Técnico: Adrian Heath

LA Galaxy – Jaime Penedo; DelaGarza, Tom Meyer, Leonardo e Baggio Husidic; Ishizaki, Juninho, Mika Vayrynen (Sebastian Lletget 27’ 2˚ tempo) e Gyasi Zardes; Ignacio Maganto (Jose Villareal 22’ 2˚ tempo) e Bradley Jamieson (Alan Gordon – intervalo) Técnico: Bruce Arena

Público: 40.122



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie