Nasa lança James Webb no Natal; telescópio espacial estudará estrelas e galáxias

Nasa lança neste sábado o telescópio Espacial James Webb com missão de estudar novas galáxias

O telescópio Espacial James Webb é um projeto de uma missão não tripulada da NASA, com a finalidade de colocar no espaço um observatório para captar e observar a formação das primeiras galáxias e estrelas

Da Redação

O telescópio Espacial James Webb, substituto do Hubble, será lançado ao espaço neste sábado, 25, por volta das 7h20, no horário dos EUA. A expectativa é que ele estude todas as fases da história cósmica. A missão é uma parceria internacional da Nasa, a Agência Espacial Americana, com a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Canadense (CSA).

O Telescópio Espacial James Webb é um projeto de uma missão não tripulada norte-americana da  NASA, com a finalidade de colocar no espaço um observatório para captar a radiação infravermelha. O telescópio deverá observar a formação das primeiras galáxias e estrelas, estudar a evolução das galáxias, ver a produção dos elementos pelas estrelas e ver os processos de formação das estrelas e dos planetas.

Ele irá capturar a luz esticada no espaço-tempo em comprimentos de onda infravermelhos longos, das primeiras estrelas e galáxias, ajudando a humanidade a compreender as origens do universo.

O telescópio Webb é cem vezes mais poderoso do que o Hubble, primeiro telescópio espacial lançado em 1990. Além disso, também é maior do que seu antecessor: seu espelho tem 6,5 m de diâmetro, enquanto Hubble tem 2,5 m.

O lançamento será feito no foguete não tripulado Ariane 5, que partirá do espaçoporto em Kourou, na Guiana Francesa. O James Webb Space Telescope leva o nome de um ex-diretor da Nasa, que comandou a agência entre fevereiro de 1961 e outubro de 1968.