Ted Talks

Ted Talks

Edição de janeiro/2020 – p. 32

Ted Talks

O que são? Apresentações concisas, informativas, apaixonantes sobre temas científicos, culturais, políticos e acadêmicos.

Uma amiga enviou-me dois vídeos (obtidos no YouTube gratuitamente) e pediu-me para opinar sobre eles: https://www.youtube.com/watch?v=h-rRgpPbR5w e https://youtu.be/joj7_brYWt8, ou seja, dois Ted Talks respectivamente. O primeiro é de Alan Watkins, que disserta sobre os sentimentos; e o segundo, de Kristin Rivas sobre o poder das palavras.

A primeira apresentação aborda o caso de uma senhora que, com a perda súbita da irmã, adoece fisicamente ao ponto de acabar em uma cadeira de rodas com frequentes e inesperados ataques de epilepsia. Incrível como devido a esse choque, sua saúde ficou tão comprometida que nem mesmo os médicos conseguiam ajudá-la. Até que ela faz uma sessão longa de hipnoterapia e consegue retomar sua saúde mental e, consequentemente, sua saúde física, com a ajuda de um profissional que aplica uma terapia chamada “Resolução Rápida”, que a leva a entender os porquês de sua condição e os “comos” de sua recuperação. Como informação, eu treinei com Dr. Jon Connelly, excelente professor de Hipnoterapia.

A outra apresentação é sobre a importância da expressão verbal. De acordo com a apresentadora, a maior parte das pessoas utiliza apenas quatro ou cinco palavras para expressar as suas emoções quando, na realidade, existem 34.000! O poder de encontrar palavras para descrever a experiência humana é libertador, tanto quanto clarificador ao ouvinte e à pessoa que busca maneiras de se revelar.

Procurem uma lista de sentimentos e tentem escolher um por dia (se não encontrarem, eu tenho várias listas para diferentes idades e gostos).  Eu, inclusive, faço o “jogo do galo” com minhas crianças clientes, convidando-as a escolher um sentimento com uma historinha, como ilustração, em cada quadradinho do jogo; assim, incito-as a desenvolver seu vocabulário emocional e normalizo esse processo.

Ambas as apresentações valem a pena.  Há muitos Ted Talks e a pessoa facilmente se “perde” neste mundo eletrônico, instruindo-se e inspirando-se.  Muito melhor assistir a esses vídeos do que ficar horas jogando ou assistindo a filmes para matar o tempo.

Se quiserem uma terceira sugestão de Ted Talk, convido-os a assistir os da Brené Brown: “O poder da Vulnerabilidade” e “Escutando a Vergonha”. Ela também possui um documentário com a duração de uma hora, que é bastante interessante.

Espero recomendações. Escrevam-me: www.ortigao.com