Brad Pitt acusa a ex mulher, Angelina Jolie, de prejudicar sua empresa


O ator Brad Pitt denunciou sua ex-esposa, a também atriz Angelina Jolie, por danificar intencionalmente a reputação da companhia de vinhos que ambos possuíam ao vender a sua parte a um “desconhecido”.

Em 2008, o então casal tinha adquirido uma participação majoritária no vinhedo em Provença, sudeste de França, e na casa Château Miraval por cerca de 45 milhões de euros, onde anos mais tarde se casaram e passaram diversas férias em família com os seus seis filhos.

______continua após a publicidade_______

seguro

Agora, a equipe jurídica do ator acusa Jolie de prejudicar deliberadamente o seu ex-marido ao vender a sua parte na empresa sem o seu consentimento, de acordo com documentos publicados pela imprensa. 

Segundo informações da revista PEOPLE, a defesa de Pitt afirma que Miraval se tornou o projeto pelo qual o ator era apaixonado e se transformou “em um negócio global multimilionário e um dos produtores de vinho rosé mais conceituados do mundo” por conta do seu trabalho. 

O ator afirma que Jolie não contribuiu “em nada para o sucesso de Miraval” e que ela consumou a venda “em segredo” e violando deliberadamente os termos que tinha acordado com Pitt, segundo os quais nenhum deles podia vender os seus interesses no negócio sem aprovação mútua.

Brad está pedindo um julgamento por júri e está processando Jolie por quebra de contrato e mais 7 acusações.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie