Irá a Tesla conseguir o que nenhum outro fabricante conseguiu?

voltar

SET/13 – pág 35

Modelo S
Modelo S

Por mais de um século, as montadoras vêm tentando sem sucesso, construir um carro elétrico popular. A Tesla Motors promete que até 2016, terá um carro com preço acessível.

E a mais nova montadora norte-americana não está preocupada apenas com o preço baixo dos carros elétricos, ela sabe que precisa oferecer conforto, bom desempenho, boa autonomia e sobretudo segurança. Neste último quesito, a Tesla tem muito a comemorar, pois o seu Modelo S, acaba de ser avaliado como o carro mais seguro do mundo. Depois de ser submetido a quatro testes seguidos, o Tesla S foi bem sucedido em todos, e a máquina que o testava é que foi danificada.

Falando ainda sobre a incrível classificação de segurança do modelo S, Elon Musk,chairman/CEO da Tesla, revelou: “Isso é muito importante para mim, porque meus filhos andam neste carro todos os dias, e meus amigos, também. E se ocorresse algo com eles, eu realmente não poderia viver comigo mesmo, caso houvesse alguma coisa que eu tivesse deixado de fazer,  que fosse capaz de salvar as suas vidas”.

A Tesla dá mostra de que não está para brincadeira. Ultimamente, ela vem colhendo ótimos resultados. No início deste mês, a jovem montadora de carros elétricos, registrou seu segundo trimestre lucrativo consecutivo, mais do que dobrando seu lucro operacionaldo primeiro trimestre de 2013. Além disso, no ano passado, o Tesla S ganhou o prêmiocarro do ano Motor Trend 2013. Foi a primeira vez em 64 anos de história da honrosa e prestigiada premiação, que o carro vencedor não é a gasolina.

Pelo que tudo indica, a Tesla pode ter encontrado a fórmula do sucesso para triunfar no segmento em que todos, inclusive gigantes como a GM, fracassaram em todas astentativas anteriores. O seu co-fundador Elon Musk, inventor e investidor norte –americano, nascido na África do Sul, parece ser mesmo um empreendedor brilhante.

No início, muitos acreditavam que a Tesla seria mais um fabricante de carros elétricos adar com os burros n’água. Com o Modelo S, chegou a desconfiança daqueles que muitas vezes viam o carro como uma novidade, um brinquedo de luxo para os ricos. Ledo engano, pois o fabricante de automóveis mais jovem dos Estados Unidos, está mostrando para muita gente grande, como construir uma marca de carro elétrico vencedora.

Talvez, Musk pense como outro grande cidadão norte-americano, considerado um dos mais influente de sua época. O inesquecível Napoleon Hill, que costumava dizer: “Não espere! otempo nunca vai dizer: agora vá! Comece onde parou, e trabalhe com as ferramentas que você estiver à sua disposição, e melhores ferramentas serão encontradas à medida que você progredir.”

Musk está fazendo a vida das pessoas melhor, a medida que desenvolve meios de transporte sustentáveis. No entanto, chegar até a este ponto não foi tarefa fácil, em 2008a nova empresa quase faliu. Os críticos chamavam a Tesla de um castelo de cartas que entraria em colapso, devido à autonomia limitada das baterias, falta de estações de carregamento, entre outros motivos.

Mas, a profecia não se materializou, e hoje o Tesla S alcança em torno de 550 quilômetros com uma única carga, e a empresa está ampliando à sua rede de carregamento ao longo das costas Leste e Oeste dos Estados Unidos. O próximo desafio será construir um carro elétrico de mercado de massa, onde mais pessoas possam compra-lo, e não apenas aqueles capazes desembolsar em torno de US$ 100.000 por um modelo S.

Que ninguém duvide que isso seja possível. Afinal de contas, não deve ser por acaso, que montadoras tradicionais, a exemplo da General Motors que já formou até equipes para estudar a Tesla, estão de olho no seu sucesso, não é mesmo?

Evaldo Costa
Escritor, conferencista e
Diretor do Instituto das
Concessionárias do Brasil
evaldocosta@evaldocosta.com