Canal internacional da Globo transmite os desfiles das escolas de samba de São Paulo e do Rio de Janeiro

Canal internacional da Globo transmite os desfiles das escolas de samba de São Paulo e do Rio de Janeiro

Conhecido como a maior festa popular do país, o Carnaval é a época do ano mais movimentada no Brasil. Atrai mais de um milhão de turistas, que nesse período percorrem de norte a sul do país em busca de diversão. Com uma cobertura à altura da grandiosidade da festa, o canal internacional da Globo se prepara para a transmissão do evento. Cerca de 2.500 profissionais trabalharão na exibição dos desfiles do Rio de Janeiro e de São Paulo.

Fatima Bernades e Alex Escobar visitam o Barracão da Grande Rio (Foto: RODRIGO DOS ANJOS / Agnews )
Fatima Bernades e Alex Escobar visitam o Barracão da Grande Rio (Foto: RODRIGO DOS ANJOS / Agnews )

A cor e a criatividade das escolas do grupo especial de São Paulo ganham a tela do canal internacional na noite de sexta-feira, dia 24, nas Américas, e 25, no Japão e Austrália. Os jornalistas Chico Pinheiro e Monalisa Perone repetem pelo quarto ano a dobradinha na narração da festa, e, pela terceira vez, contam com o time de comentaristas formado por Celso Viafora, Ailton Graça e Alemão do Cavaco. “Nosso desafio é manter o tom de conversa dos últimos três anos. A sintonia com os meus parceiros Chico, Ailton, Celso e Alemão ajuda demais a realizar isso”, conta Monalisa Perrone. A apresentadora já visitou as 14 escolas do grupo especial para conversar com os carnavalescos. As visitas renderam anotações em dois blocos, sua leitura obrigatória antes de dormir. Nesta semana, ela deixa de apresentar o ‘Hora 1’ para se dedicar ainda mais ao Carnaval, estudar e inverter o fuso horário. “Precisamos virar a chave das notícias do dia a dia para a leveza do carnaval”, complementa a apresentadora. Chico Pinheiro, veterano na cobertura, também deixa a bancada do ‘Bom Dia Brasil’ nesta semana para se adaptar ao horário de trabalho invertido. “Participar da transmissão do Carnaval é um prazer enorme, uma diversão que vara a madrugada! Nosso time é afinado e bastante entrosado, os comentaristas são especialistas no assunto. Nós dançamos, cantamos, brincamos e tentamos passar isso para quem está em casa”. Os assinantes do canal internacional da Globo assistem aos desfiles de São Paulo, ao vivo, nesta sexta e sábado, dias 24 e 25 de fevereiro, nas Américas, e dias 25 e 26, no Japão e Austrália.   Também no dia 25, nas Américas, o canal exibe o Galo da Madrugada, que todos os anos reúne milhões de pessoas pelas ruas de Recife. No dia 26, domingo, nas Américas, e dia 27, no Japão e Austrália, o canal transmite um compacto da festa.

No domingo e na segunda-feira de Carnaval, dias 26 e 27 de fevereiro, nas Américas, e 27 e 28, no Japão e Austrália, o canal internacional exibe os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro. Este ano, Fátima Bernardes ganha a companhia de Alex Escobar na condução da transmissão. Milton Cunha e Pretinho da Serrinha completam o time de comentaristas dos desfiles. Fátima está animada para a estreia de Escobar e acredita que a parceria será tão bem sucedida quanto a dos últimos anos com Luis Roberto. “São dois profissionais acostumados a lidar com emoção, o que faz muita diferença nessa cobertura. As pessoas envolvidas com Carnaval mergulham com muita paixão e conseguem transmitir um pouco dessa alegria, euforia, dessa vontade de vencer tem muito a ver com eles. Eu e o Alex estamos visitando juntos os barracões. Tenho certeza de que será uma parceria bem bacana, estamos bem empolgados”, conta Fátima. Escobar retribui os elogios, dizendo que é uma honra dividir essa cobertura com Fátima, depois de quatro anos apresentando a série A carioca. “Eu tenho orgulho de estar com a Fátima esse ano, é uma honra e uma alegria muito grandes pra mim”, conta o narrador.

Durante o carnaval, o Jornalismo da Globo conta com o apoio de sua rede de emissoras afiliadas para cobrir as festas mais populares de todo o Brasil, com entradas ao vivo e reportagens especiais, do frevo ao axé, passando pelos blocos de rua.