Guia das compras consciente

voltar

DEZ/13 – pág. 70

Todo fim de ano é a mesma coisa. A gente corre contra o tempo para poder comprar toda a nossa listinha ou listão de prioridades. São milhares de itens que colocamos sempre como indispensáveis: botas para o inverno, casaquinhos mais pesados, novas camisetas, bolsas, sapatos, bijouterias, etc, etc, etc. Afinal, você se pergunta como será possível sobreviver à estação mais fria do ano sem tudo isso, certo? Erradoo! Compras de produtos fashion devem seguir a mesma linha de raciocínio das compras de supermercado: a gente precisa fazer uma lista das reais necessidades e focar nela para não perder tempo nem dinheiro. Dessa forma, você vai direcionar a sua verba para o que realmente precisa e evitar de estocar produtos que já tem de sobra no armário.

Fotos: photl.com
Fotos: photl.com

Quer vê como fica fácil seguir nossa guia de compras consciente? Tudo começa por uma boa limpeza no armário. Depois de uma visão bem clara de tudo o que você tem e que está em boas condições de uso, será bem mais fácil enxergar o que você não tem e que precisa ser adquirido com urgência. Abra o coração para o seu armário e enxergue os tesouros que ele tem guardado escondido. Que tal aproveitar alguns itens do inverno passado e mudar só os acessórios? Ou, quem sabe, usar aquelas blusinhas e vestidinhos do verão e adaptá-los? Pare diante do que você tem e analise com calma. Abra-se para a criatividade. Tente misturar as peças, montar seus looks e se divertir. Você vai se surpreender com as infinitas possibilidades.

Fotos: photl.com
Fotos: photl.com

Depois, vem a hora de fazer a lista. Seja honesta com você mesma e anote só aquilo de que você realmente está precisando ou que precisa ser substituído, como é o caso daquela bolsa baú que já está pra lá de usada ou daqueles jeans que quase conseguem andar sozinho. Vale lembrar que, geralmente, em janeiro, as lojas entram em liquidação com preços super convidativos. Se for o caso, vale a pena esperar.

Fotos: photl.com
Fotos: photl.com

Compras em demasia só diminuem nossa visão e funcionalidade no armário. Na hora de se arrumar, o que a gente mais quer é encontrar a roupa certa o mais rápido possível. Para que isso aconteça é preciso ser disciplinada e guardar todos os excessos. Pense nisso e apoveite os excessos nesse fim de ano para doar para aqueles que mais precisam!

Valéria Didier
Consultora de Imagem
moda@nossagente.net
www.temqueterestilo.com.br