‘Virgínia, qual é a Música?’ A bela jovem que encantou o Brasil reside nos EUA 

A ex-dançarina e dubladora Virgínia Lago encantou o Brasil no “Qual é a Música”, do SBT

 

“Qual é a Música? ”, programa líder de audiência nas tardes de domingo do SBT, sob o comando de Sílvio Santos, teve como destaque a dubladora e dançarina, Virgínia Lago. Um rosto pintado com cores brilhantes, o sorriso encantador que conquistou o Brasil. O “Nossa Gente” reencontrou Virgínia em entrevista especial; fala de Sílvio Santos, dos filhos e da paixão pela arte 

 

Da Redação

“Virgínia, qual é a música? ”  Essa frase marcou a trajetória da televisão brasileira no programa “Qual é a Música? ”, do SBT, apresentado pelo mestre Sílvio Santos. Líder de audiência nas tardes de domingo, o show desafiava os participantes em dar continuidade à letra de determinada música – anunciada por Sílvio. Antes, o rosto belo e decorado com pinturas coloridas de Virgínia Lago, surgia na tela dublando e, de repente parava no meio da música para que o convidado continuasse, sem poder errar a estrofe para ganhar pontos. Uma divertida e criativa forma de resgatar músicas consagradas e seus intérpretes notáveis.

 

Reencontro com Sílvio Santos – Mas por onde anda aquela jovem de cabelo loiro, sorriso carismático que conquistou a simpatia dos brasileiros? Sim, a musa do “Qual é a Música? ” hoje reside em Atlanta, nos EUA com a família. Virgínia Lago tem um Canal do Youtube – ‘Virgínia, qual é a música?’ –, é artista plástica e pinta animais de estimação em óleo sobre tela, assim como dá aulas de pintura online.

Uma trajetória sempre voltada para o público – a sensibilidade artística está à flor da pele. Seu jeito extrovertido e entusiasmado conquista audiência nas lives semanais no Facebook. “Escolho ser feliz, viver o lado positivo das coisas”, ressalta Virgínia. “Quem quiser recordar, pode visitar o canal de Carlos André, no Youtube, o ‘Virginia qual é a Música?”.

 

Dublagens nas tardes de domingo – E não há como conter a emoção quando o assunto é Sílvio Santos – o ex-patrão –, no programa que lhe deu prestígio e projeção nacional. “Foram seis anos maravilhosos. O SBT foi perfeito para mim, adoro os meus colegas, e o Sílvio Santos sempre achava um tempinho para conversar comigo. Encontrar com o Sílvio nos corredores do Teatro do SBT, na Vila Guilherme (SP) era muito especial. Lembro que a porta do teatro ficava abarrotada de pessoas querendo autógrafos, pessoas por todos os lados, eu gostava muito dessa atenção”, lembra.

Conta Virgínia que na ocasião, trabalhava na empresa “Grow Brinquedos”, em São Paulo, como desenhista Industrial, mas que era liberada nas tardes de quarta-feira para ir ao SBT buscar músicas para decorar e ensaiar para o programa “Qual é a Música?” do domingo seguinte.

 

 

 

 

Artista plástica e seus cães – “Eu pegava no SBT discos, os LPs da época, e ensaiava vinte músicas na semana. Gravava trechos de vinte músicas que eu mesma escolhia, mas apenas três músicas iam ao ar. Era bem corrido, mas valia a pena. As pessoas amavam o programa, sucesso nas tardes de domingo no Brasil. Eu dublava ao lado do Pablo.”

“Fazia faculdade na ocasião quando conheci o Daniel, hoje meu marido, que nasceu nos Estados Unidos. Ele me convidou a vir morar aqui, para aprimorar o inglês, e eu aceitei o desafio. Comuniquei o Sílvio Santos de que viria para os Estados Unidos e ele deu a maior força. Fui incentivada a me mudar para cá, e também vim pelo amor ao Daniel, para ficar junto dele, coisa de casada, coisa do amor. Estou há trinta e quatro anos morando em Atlanta.”

Mas e a carreira? Virgínia foi enfática na resposta quando perguntada: “A televisão no Brasil foi uma fase, não tinha intenção de seguir carreira, E não sei o que teria acontecido se eu não tivesse vindo aos Estados Unidos. Aqui, me envolvi com a TNT e Cartoon Network, gravando vozes para desenhos animados, exibidos no Brasil e anunciava filmes. Enfim a arte faz parte da minha vida, sempre” relata.

Mãe de três filhos – Alex,32, Bianca, 30, e Kevin, 24 –, Virgínia . Fala do contato com os fãs no Brasil, “que ainda hoje me mandam mensagens. Um carinho gratificante.”

 

Visita ao SBT 

Pablo, o companheiro de palco – Há quatro anos, Virgínia voltou ao SBT e conta como tudo ocorreu: “Foi emocionante quando estive no SBT depois de tantos anos para rever os meus colegas de trabalho. Reencontrei o Sílvio Santos e conversamos sobre os Estados Unidos. O Sílvio ama os Estados Unidos. Revi o Roque (animador de auditório), o Liminha, e foi ótimo. Hoje o SBT tem uma estrutura fantástica, tudo muito amplo, ao contrário dos tempos da Vila Guilherme. O Luís Bento, diretor do programa, até hoje é meu amigo no Facebook”

“Sou grata ao Sílvio pela oportunidade, sou grata também pelos profissionais talentosos que produziam as maquiagens e penteados. A equipe de edição, câmeras, enfim a família que proporcionou tantas horas gostosas de domingo. Estou acompanhando as reprises do programa. O carinho e atenção dos fãs continuam fortes até hoje. Sou agradecida por ter proporcionado alegria. Dias saudosos,”  finaliza Virgínia Lago.

 

Serviço

Virginia Lago
404-401-1754

www.virginialagoart.com