Medalhista paraolímpico brasileiro supera limitações e corre na ‘Maratona de Boston’

O atleta paraolímpico Geison Rodrigues terá participação de destaque na “Maratona de Boston 2022”

O maratonista paraolímpico Geison Rodrigues será destaque da “Maratona de Boston 2022”, no próximo dia 18 de abril. Ele chega aos EUA confiante e promete ter boa performance na prova. Em entrevista ao “Jornal Nossa Gente”, o atleta fala de superação e de sua indicação para o “Guinness Books”

Da Redação

Tudo pronto para a tradicional “Maratona de Boston 2022” que acontecerá no próximo dia 18 de abril – Dia do Patriota –, entre as cidades de Hopkinton e Boston, no estado de Massachusetts. Conhecida como a competição de longa distância mais cobiçada, realizada anualmente em todo o mundo – 42,195 km –, reunirá maratonistas de vários países. Destaque à participação do medalhista paraolímpico brasileiro, Geison Rodrigues, categoria T44 – deficiente andante de membro inferior.

______continua após a publicidade_______

retaxes

Geison está em Recife (PE) e embarca para Boston nesta sexta-feira, 1.º de abril, levando na bagagem a esperança de obter boa participação na prova, ele que foi destaque da “Maratona de Chicago”, em outubro do ano passado. “Estou confiante e tenho treinado com o acompanhamento do meu técnico, Aziel Nascimento. Sinto-me preparado para a maratona”, relata.

Explica Rodrigues que sua participação em maratonas tem o acompanhamento da staff de provas, Lauren Donnely – maratonista americana –, que lhe dá suporte em meio ao aglomerado de participantes. “Na largada de uma maratona, todas as categorias correm juntas, ao mesmo tempo. São milhares de pessoas correndo nas ruas e a Lauren me protege, me dá o suporte necessário. A minha categoria é representativa na prova.”

Integrante da “Aquiles” – ONG Internacional que promove esportes –, e membro do “Comitê Paraolímpico Brasileiro”, Geison Rodrigues já correu nas principais Maratonas dos EUA – Nova York, Boston e Chicago –, e está indicado para o Guinness Books, como o atleta que mais disputou maratonas. “Recebi agora pouco o comunicado de que o meu nome foi indicado para o livro dos recordes”, fala com entusiasmo. No Atletismo, ganhou medalhas nas provas dos 1.500 e 800 metros.

Ato de superação

Conta Geison que em 2006 sofreu um acidente de moto quando voltava do trabalho. Como consequência, teve diversas fraturas nos quadris, necessitando de cadeiras de rodas e de muletas para se locomover. Foi um dos maiores desafios de sua vida, mas ele deu a volta por cima e aprendeu o significado de superação. “Fiquei três anos na cadeira de rodas, e os médicos diziam que eu poderia não voltar a andar.”

Foi em 2015, assistindo a uma corrida de rua, decidi que era hora de voltar a andar. Com dificuldades consegui caminhar, fui andando entre os atletas. A partir daquele dia, a minha vida mudou. Não parei mais”, enfatiza.

Geison recebeu o título de “Embaixador do Unicef no Brasil” junto com o
apresentador Luciano Huck e o ator Lázaro Ramos. Em 2019, foi eleito um dos atletas de excelência pela ‘Global Sports Development ‘, renomada instituição americana.

Maratona de Boston

É a retomada da “Maratona de Boston”, a segunda corrida de rua anual mais antiga do mundo, cancelada em 2020 e adiada para outubro em 2021 em virtude da pandemia da Covid-19. Este ano estarão disponíveis 30 mil inscrições, sendo que todos os participantes precisam mostrar comprovante de vacinação e um teste negativo para a Covid.

____________________publicidade___________________

seguro

seguro

anuncie