George Clooney deu US$ 1 milhão para 14 amigos. “Dormi nos sofás deles; estava quebrado, não era famoso”

George Clooney preparou 14 sacolas com US$ 1 milhão cada e deu de presente aos amigos

 

Após manter em segredo por vários anos o presente de US$ 1 milhão a 14 amigos que o ajudaram nas dificuldades no início de carreira, George Clooney fala em reconhecimento. Lembra o ator que preparou 14 sacolas com US$ 1 milhão cada e organizou uma grande surpresa para a entrega do presente

 

Da Redação

George Clooney é o melhor amigo – de todos, não apenas das mulheres. O ator de 59 anos, nascido em Lexington, Kentucky, EUA, lembra um dos episódios mais impactantes no início de sua carreira, nunca antes mencionado, e que ele resolveu revelar. Um gesto de reconhecimento, quando decidiu dar US$ 1 milhão para 14 amigos muitíssimos especiais, a quem chama afetuosamente de “Os Garotos”, em agradecimento ao apoio que recebeu de cada um deles nos momentos mais difíceis da sua vida.

Conta Clooney que o fato ocorreu em 2013, quando tinha 52 anos, era solteiro, sem filhos, e estava prestes a chegar aos cinemas com “Gravity”. As coisas definitivamente estavam indo bem, depois das “vacas magras” – dependia da ajuda dos amigos para ir aos testes nos estúdios.

George lembra que organizou uma noite muito espetacular para a entrega do dinheiro. Ele alugou uma velha Van com a placa “Florista”, carregou 14 bolsas – cada uma contendo um milhão de dólares em dinheiro. Convidou os seus amigos e efetuou a entrega, mudando a vida dos contemplados. Clooney hoje admite que sua vida mudou definitivamente, não fosse o apoio dos amigos.

“Lembro-me de conversar com um homem muito rico que conheci em um hotel em Las Vegas, certamente muito mais rico do que eu. E quando soube da história do dinheiro que dei aos meus amigos ele ficou espantado me perguntando por que tinha feito aquilo. Eu respondi: Por que você não faz isso, seu idiota?”

Mas o porquê de doar US$ 1 milhão para 14 amigos? “O que tenho de mais importante são meus amigos, esses caras há mais de 35 anos me ajudaram de uma forma ou de outra”, disse o ator. “Eu dormia em seus sofás quando estava quebrado. Eles me emprestaram algum dinheiro. Eles me consolaram quando precisei deles ao longo dos anos. E tentei fazer o mesmo com eles”, reconhece.

“Eu não era famoso, andava com dificuldades financeiras, mas sempre recebi o apoio desses 14 amigos que tinham uma palavra de conforto quando eu voltada para casa sem esperança de conseguir um papel em algum filme”, revela o ator. “Não tem preço o que recebi de cada um deles!”

Clooney, notoriamente reservado quando se trata de vida privada, falou deste episódio de agradecimento aos 14 amigos, que ele manteve em segredo durante os anos, incentivado por Rande Gerber. Rande, empresário do show business, marido de Cindy Crawford e sócio do ator na “Casamigos Tequila”, foi um dos meninos sortudos naquele dia.