Fatores que afetam o crédito

Fatores que afetam o crédito

voltar

MAI/2016 – pág. 31

sua_casa_veraO crédito é muito importante nos Estados Unidos, mas ainda é um grande mistério para a maior parte dos consumidores. Existem muitos benefícios quando se tem alta pontuação no crédito. No entanto, se ele for muito baixo, acontecerá o oposto: ter-se-á dificuldades para obter um empréstimo para comprar uma casa, por exemplo; ou um carro e, talvez, não possa se qualificar para obter um cartão de crédito que não seja pré-pago, inclusive sentirá dificuldade para alugar um imóvel.

Apesar do crédito ser uma das “partes” da aplicação para um empréstimo, ele é muito importante e tem “tremendo” peso na decisão final. Por isso, saber a pontuação do crédito e como ele é calculado podem ser fatores primordiais no seu futuro financeiro. Portanto, a seguir, mostraremos como o crédito é calculado.

Há muitas informações em um reporte de crédito usadas para calcular a pontuação. A mais comum chama-se FICO score. Toda informação tem um peso diferente, mas com grande impacto para a pontuação final. FICO é muito sigiloso e confidencial com as informações de como alcançar essa pontuação, no entanto, poderemos dar boas dicas para entender como se chega ao número final.

Histórico de pagamento (pesa 35% na decisão final): pagar as contas em dia é primordial para se ter bom crédito. Os bancos analisam o histórico de pagamento para ter uma melhor ideia de como as finanças são manejadas e a consistência dos pagamentos efetuados (das contas).

Quantia devida (pesa 30% na decisão final): o total que se deve proporcional ao total que é disponível dá o entendimento ao banco sobre como se usa e/ou abusa do crédito disponível. O ideal é não dever mais do que 40% da quantia disponível no cartão (há pessoas que acreditam que 30% é o máximo a ser usado).

Tempo de histórico de crédito (pesa 15% na decisão final): histórico de crédito mais longo geralmente aumentará a pontuação de crédito, mas não é o mais importante para os bancos. O FICO leva em consideração a conta mais antiga, a mais nova e uma média de tempo de todas as contas.

Tipos de crédito usados (pesa 10% na decisão final): alguns tipos de empréstimos, como os de imóvel, são melhores vistos no reporte do crédito do que a dívida comum de cartão de crédito. A pontuação do FICO leva em consideração todo o tipo de empréstimos – desde aqueles de estudante até empréstimos em cartão de crédito de loja.

Verificação de crédito (pesa 10% na decisão final): aplicando para a obtenção de muito crédito em pouco tempo pode se fazer baixar a pontuação. Os bancos olham para isso como um problema, especialmente para pessoas que não têm histórico de crédito longo.

Para se chegar à pontuação do FICO, pode haver variação de pessoa para pessoa. Por exemplo, pessoas que possuem um crédito histórico relativamente curto serão avaliadas de forma diferente das que possuem um histórico longo.

Cinco maneiras de melhorar a pontuação de crédito:

  • pagar todas as contas em dia;
  • não aplicar para muitos cartões de crédito a curto prazo;
  • não usar o máximo de valor disponível dos cartões – usar no máximo 30%;
  • ficar com cartões antigos, pois o tempo que se possui o cartão faz diferença;
  • verificar o reporte anualmente.

Informações Loan Depot, by Kelsi Gordon.


VeraMendoncaCOLOR

Vera Mendonça – Realtor
(407)367-8711
vera@nossagente.net