EUA suspendem teste de Covid para passageiros aéreos que chegam ao país

A partir da meia-noite deste domingo não será mais exigido teste de Covid para viajantes que chegarem aos EUA

Após pressão das companhias aéreas e da indústria de viagens, fica suspensa a exigência do teste de Covid-19 para passageiros que chegam aos EUA a partir da meia –noite deste domingo

Da Redação – A partir da meia-noite deste domingo – às 0h01 –, o passageiro que viajar de avião para os EUA não precisará mais apresentar o teste de Covid-19 no chek in, segundo anúncio do governo americano, na sexta-feira. A medida vem desburocratizar o embarque nos aeroportos, evitando transtornos, principalmente quando um viajante testa positivo e acaba retido, sem condições de prosseguir viagem. Também houve pressão por parte das companhias aéreas e da indústria de viagens para a liberação.

______continua após a publicidade_______

seguro

Segundo alegações das companhias aéreas, muitos americanos deixaram de realizar viagens internacionais por causa de preocupações de que eles testarão positivo e ficarão presos no exterior – 75% dos países visitados pelos norte-americanos não têm requisitos de testes. Em recente reunião com funcionários da Casa Branca, o chefe da “Airlines for America”, Nick Calio, argumentou que estava tendo um efeito assustador em uma economia já frágil.

O “Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC)” justificou esse relaxamento ao passageiro, com base na ciência e nos dados, no entanto, irá reavaliar sua decisão em 90 dias. E se os especialistas decidirem que precisam restabelecê-la, por causa de uma nova variante de preocupação, por exemplo, assim será feito. A medida está em vigor desde janeiro de 2021.

Desde dezembro, o CDC exige que os viajantes tenham testes negativos de Covid-19 um dia antes dos voos para os EUA, mas não exige testes para passagens de fronteira terrestres.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie