É Ouro Brasil! Seleção Brasileira, bicampeã, vence a Espanha e faz história! 

Seleção Brasileira vira o jogo contra a Espanha e conquista a medalha de ouro em Tóquio

 

Um sábado de vitória para o Brasil nas Olímpiadas de Tóquio com a vitória da Seleção Brasileira de Futebol Olímpica, que venceu o poderio da Espanha – 2×1 –,gols de Matheus Cunha e Malcom, no segundo tempo da prorrogação, definindo o ouro para o Brasil. Ouro para Brasil também no boxe, Hebert Conceição; na canoagem, Isaquias Queiroz, e na maratona de natação feminina, Ana Marcela Cunha

 

Da Redação

É Ouro para Brasil, 2×1 frente à Espanha! Foi num jogo difícil à disputa entre Brasil e Espanha na manhã deste sábado pela medalha de ouro nas Olímpiadas de Tóquio. A decisão aconteceu no segundo tempo da prorrogação, com o golaço de Malcom (2×1), que, em contra-ataque bateu cruzado e definiu o ouro para a Seleção de Futebol Olímpica Brasileira, levantando o ânimo da torcida. O Brasil, mais uma vez sobe ao pódio, marcando a sua história nas Olimpíadas – é bicampeão olímpico. 

    

Superioridade da equipe brasileira – O primeiro tempo foi complicado, com a Seleção Brasileira que teve oportunidade de abrir o marcador com um pênalti, mas  Richarlison bateu muito mal e não conseguiu marcar, porém nos acréscimos da primeira etapa de jogo, Matheus Cunha bateu e marcou o primeiro da partida. 

No segundo tempo aos 14 minutos Mikel Oyarzabal marcou para a Espanha e deixou tudo igual no placar. E o time brasileiro perdeu a vantagem conquistada no primeiro tempo da partida. Com as mudanças efetuadas pelo técnico espanhol a equipe adversaria se tornou mais ofensiva e levou grande risco para a seleção brasileira que precisou correr atrás para se defender e ainda criar oportunidades. O tempo regulamentar chegou ao fim com 1 a 1 no marcador e a partida foi para a prorrogação. 

No segundo tempo da prorrogação o Brasil conseguiu marcar, depois de uma excelente jogada Malcom mandou para o fundo da rede e colocou o Brasil de volta na vantagem e marcou 2 a 1 para a equipe canarinho. 

 

Ouro na Canoagem 

A garra do bom baiano – Isaquias Queiroz fez história na noite desta sexta-feira (6) no Canal Sea Forest. O baiano faturou a medalha de ouro na prova do C1 1000 metros (m) da canoagem de velocidade na Olimpíada de Tóquio.Correndo na raia 4, o atleta cravou a marca de 4min04s408. O chinês Hao Liu ficou com a medalha de prata com 4min05s724. O bronze foi para Serghei Tarnovschi, da República da Moldavia, com o tempo de 4min06s069. 

 

Ouro no Boxe 

O brasileiro Hebert Conceição conquistou, neste sábado, a medalha de ouro na categoria até 75kg do boxe. Ele venceu a decisão do ouro contra ucraniano Oleksandr Khyzniak, campeão mundial de 2017, por nocaute no terceiro assalto. O brasileiro perdeu os dois primeiros rounds, mas conseguiu derrubar o rival no terceiro para garantir o título. 

 

 

 

Ouro na Natação 

Atleta destemida – Brasil leva o ouro da maratona de natação femininaAna Marcela Cunha, do Brasil, ganhou a maratona de natação feminina – 10 quilômetros em águas abertas – com o tempo de 1:59.30,8. A nadadora brasileira terminou nove décimos de segundo à frente da campeã, Sharon van Rouwendaal, dos Países Baixos, que fez a marca de 1:59.31,7. Kareena Lee, da Austrália, ganhou o bronze em 1:59.32,5.