‘Disney’ poderá deixar Orlando se ‘Reedy Creek’ for dissolvido? Eis a questão. 

Continua acirrada a queda de braço entre o governador Ron DeSantis e a “Disney” com revogação do “Reedy Creek”

A queda de braço entre o governador Ron DeSantis e “Walt Disney World” no momento é controversa. E a aprovação da Câmara de Deputados da Flórida de um projeto de lei para revogar Reedy Creek – distrito especial que governa a “Disney” –, gera descontentamentos. O Parque poderia deixar a Flórida?

Da Redação – Continua a queda de braço entre o governador Ron DeSantis e a “Disney” em Orlando. E a aprovação da Câmara de Deputados da Flórida de um projeto de lei para revogar Reedy Creek – distrito especial que governa o “Walt Disney World” –, gerou descontentamentos, servindo de pautas provocativas e satíricas em talk shows noturnos, a exemplo do “Saturday Night Live”.  

______continua após a publicidade_______

retaxes

E a pergunta que se faz é a seguinte: o Estado pode realmente cumprir a legislação que o governador Ron DeSantis assinou em reação à oposição da “Disney” ao projeto de lei de “Direitos dos Pais na Educação”, recentemente promulgado pelo estado? A medida entrará em vigor em 1º de junho de 2023. 

Especula-se, no entanto, que em retaliação à determinação do governador, a  “Disney” poderia deixar a Flórida – o que muitos acham improvável –, caso a lei para revogar “Reedy Creek” entre em vigor. Também se fala que Mickey Mouse poderia simplesmente dar ao estado um dedo enluvado e abrir uma nova casa de ratos em outro lugar.  

Todos os pesadelos logísticos para mover uma operação do tamanho da “Walt Disney World” para fora da Flórida não impediram que alguns outros estados oferecessem espaço para a empresa se mudar. Em 19 de abril, o governador do Colorado, Jared Polis, convidou a “Disney” a se mudar para seu estado, informou a “Newsweek”. 

Em 21 de abril, um juiz do Texas em Fort Bend, KP George, também estendeu um convite à “Disney” para abrir um novo “Walt Disney World” no Lonestar Star State em uma carta aberta ao CEO da “Disney”, Bob Chapek.  

A carta de George criticou o governador da Flórida, DeSantis, e disse que a empresa “Disney”, seus funcionários e diversos fãs “enfrentam ataques autoritários, anti-negócios e de guerra cultural de extremistas na Flórida”.  

Autonomia do “Reedy Creek” 

O “Reedy Creek Improvement District” dá à “Disney” o poder de agir como seu próprio governo local. Como outras cidades da Flórida, “Reedy Creek” mantém estradas, cobra impostos e tem sua própria coleta de lixo, bombeiros e outros serviços médicos de emergência. Tem duas cidades – Bay Lake e Lake Buena Vista, onde o “Walt Disney World Resort” está localizado – e contratos com os condados de Orange e Osceola para a polícia.  

____________________publicidade___________________

seguro

seguro

anuncie