4 Dicas para incrementar os seus benefícios do Seguro Social

voltar

AGO/2013 – pág. 28

Retire o máximo possível de cada cheque

AposentadocommoneyO Seguro Social, que celebrou seu 75 º aniversário em 2010, fornece aos trabalhadores aposentados, bem como viúvos, viúvas, deficientes e algumas crianças, uma fonte vital de renda. Em média, pessoas com 65 e as mais velhas dependem de cheques mensais do Seguro Social (para 40 % dos seus rendimentos). E essa dependência aumenta progressivamente com a idade.

Uma vez que cada dólar conta na aposentadoria, faz sentido espremer todo o dinheiro do Seguro Social a que você tem direito, certo? Felizmente, existem maneiras legítimas para maximizar seus benefícios. Aqui, quatro estratégias que valem a pena serem consideradas para que você possa contar com a renda do Seguro Social, seja para financiar um período de férias a cada ano ou para colocar comida na mesa todos os dias.

1 – Esperar para coletar. Quanto mais você esperar para coletar seguro Social, maiores serão os benefícios para o resto de sua vida. Quase três quartos dos americanos começam a recolher benefícios antes de atingir a idade de aposentadoria completa, já que podem começar a recolher os benefícios aos 62 anos. Isso pode ser um erro.

Com a expectativa de vida longa e as pessoas dependendo mais fortemente do Seguro Social que, muitas vezes, paga para indivíduos e casais saudáveis ​​ao invés de atrasar a recolher os benefícios o mais tarde possível. Para cada ano que você adiar a cobrança entre as idades de 62 e 70, você aumentará o seu benefício entre 7 e 8 %. Se você puder, considere utilizar-se de outros recursos de aposentadoria durante esses anos.

2 – Requisito e suspensão. Essa estratégia aplica-se a casais que possuem disparidade de ganhos entre os cônjuges. Quando o cônjuge de maior ganho atinge a idade completa para aposentadoria, ele ou ela aplica-se aos benefícios da Previdência Social e, imediatamente, volta a suspendê-los. Isso pode ser feito na seção “Comentários” da aplicação.

Uma vez que o cônjuge de maior ganho entrou com o pedido de benefícios, o cônjuge, com menor salário, pode optar por receber um benefício do cônjuge, o que pode ser equivalente a até a metade do benefício do cônjuge de maior salário. O cônjuge de maior ganho pode continuar a trabalhar ou retirar fundos das contas de aposentadoria, atrasando assim seus benefícios. Isso dá ao cônjuge de maior ganho a capacidade de acumular um benefício maior mais tarde – até cerca de um terço maior se os benefícios estão atrasados desde 66 (a idade atual de aposentadoria integral) até 70 anos.

3 – Duplo mergulho. Outra estratégia para os casais. Trata de planejar o seu benefício regular e o benefício do cônjuge em momentos diferentes. Isso pode significar recolher um benefício menor por alguns anos em troca de receber um benefício maior depois.

Ele funciona assim: vamos dizer que você está pronto para começar a recolher os benefícios na sua idade de aposentadoria completa. Você pode optar por receber o seu benefício próprio ou o benefício do cônjuge. Opte por receber o benefício do cônjuge ao invés de seu próprio, mesmo que o benefício do cônjuge seja menor. Ao atrasar a coleta de seu próprio benefício, ele continua a crescer. Neste cenário, o recolhimento de um benefício menor durante alguns anos pode resultar em receber um benefício muito maior mais tarde. Tenha em mente que essa abordagem é permitida apenas para pessoas que já atingiram a idade de aposentadoria completa. Se você quer utilizar essa estratégia, deve solicitar especificamente o benefício do cônjuge. Caso contrário, a Administração de Seguro Social (SSA) vai assumir que você quer o benefício que é maior naquele momento: seu próprio benefício ou o do cônjuge.

4 – Novo requisito. Mesmo se você já começou a recolher os benefícios, é possível mudar de ideia e começar de novo. A vantagem de fazer isso é que o valor do seu cheque mensal deve aumentar. Isso é especialmente verdadeiro se você originalmente entrou com pedido de benefícios aos 62 anos e você está agora na sua idade de aposentadoria completa. Lembre-se: os seus benefícios podem aumentar até 8 % por cada ano que você demora até 70 anos de idade.

A desvantagem para a estratégia de fazer tudo de novo é que o SSA requererá que você pague antes todos os benefícios já recebidos para que você possa retirar o seu pedido inicial do recebimento da aposentadoria e reaplicar. Você precisa ter dinheiro suficiente em mãos para fazer o reembolso. No entanto, a devolução ao SSA não tem incidência de juros ou multas sobre o reembolso. Se você está com a saúde debilitada, pense bem sobre começar de novo, pois você provavelmente vai precisar de alguns anos a mais para colher plenamente os frutos do benefício mensal mais elevado.

Todas as informações apresentadas têm como fonte o AARP.org, que é apenas para fins educacionais e de recursos. Sugerimos que você consulte o seu consultor financeiro ou fiscal em relação a sua situação individual. O uso da informação contida neste site é de exclusiva escolha e risco do leitor. As estratégias apresentadas são relativas às novas regras emitidas pela Administração de Seguro Social, que entrou em vigor em 8 de dezembro de 2010.

Monica Camargo de Franchi Souza
mcfranchisou@ft.newyorklife.com
407-276-6107