Sobreviventes do massacre na boate Pulse se reúnem em Orlando, seis anos depois

Momento de comoção para amigos e familiares das vítimas do massacre na boate Plus em Orlando

Orlando acordou com as notícias horríveis em 12 de junho de 2016, com a morte de 49 pessoas – e dezenas de feridos – na boate Pulse, vítimas de um atirador que invadiu o local com um fuzil, matando e ferindo

Da Redação – A cidade de Orlando viveu um dia de caos em 2016, quando um atirador invadiu a boate Pulse e matou 49 pessoas – feriu dezenas de outros frequentadores. No domingo, seis anos depois da tragédia os sobreviventes do massacre se encontraram no local dos assassinatos, em clima de total comoção. Abraços, choro e flores marcaram o momento.

______continua após a publicidade_______

seguro

Orlando acordou com as notícias horríveis em 12 de junho de 2016, com a morte de 49 pessoas na boate Pulse, vítimas de um atirador cruel, que invadiu o local com um fuzil, matando e ferindo. A noite de diversão se transformou em um reduto de pavor, sangue e fatalidade.

A comunidade se reuniu no domingo em Orlando para  homenagear as vítimas e oferecer apoio aos sobreviventes. “Todo dia é difícil. Os últimos seis anos foram muito desafiadores para mim. Sou muito grato a esta comunidade pela homenagem. Não tinha ideia do quanto precisaria dessa comunidade, mas ainda há um buraco na minha vida onde meus melhores amigos costumavam estar”, disse um dos sobreviventes durante as homenagens.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie