“Resiliência” segue no espaço após decolagem de Cabo Canaveral, com quatro astronautas

Primeiro voo operacional da “SpaceX” decolou de Cabo Canaveral com quatro astronautas

 

Quatro astronautas já estão em órbita, numa cápsula chamada “Resiliência”. É o primeiro voo operacional da “SpaceX” a caminho da Estação Espacial Internacional. O voo decolou no domingo de Cabo Canaveral

 

Da Redação

Primeiro voo operacional da “SpaceX” com quatro astronautas – três americanos e um japonês –, numa cápsula chamada “Resiliência”, decolou neste domingo de Cabo Canaveral, na Flórida, rumo à Estação Espacial Internacional (EEI). A NASA considera a primeira missão operacional de uma empresa privada rumo ao espaço. E segundo o diretor de desenvolvimento de voos espaciais comerciais na NASA, Phil McAlister,  “pela primeira vez na história, uma entidade do setor privado tem capacidade comercial para transportar pessoas para o espaço de forma segura e confiável”.

 

Michael Hopkins, Shannon Walker, Victor Glover (da agência espacial norte-americana) e Soichi Noguchi (da JAXA, a agência espacial japonesa) –

Eles deverão chegar à EEI no espaço em 27 horas e meia. Ao longo dos próximos seis meses, viverão na estação, para onde a empresa de “Elon Musk” vai começar agora a voar, numa base regular, sempre com astronautas da NASA a bordo.

O lançamento deste domingo da famosa “Cápsula Dragon”, explica Phil McAlister, acontece já com todo o processo de certificação por parte da “SpaceX” finalizado e marca “o fim da fase de desenvolvimento do sistema”. E cerca de uma hora após o lançamento, o coronel Michael S. Hopkins, comandante da missão, fez uma pequena transmissão para o Central Espacial Kennedy para dizer que a viagem transcorre conforme o esperado: “Foi um passeio daqueles!”. Depois de revelar que os quatro astronautas não tinham conseguido reprimir os sorrisos durante toda a parte inicial da viagem, acrescentou: “A ‘Resiliência’ está em órbita”.

Esta missão acontece exatamente seis meses depois do voo inaugural da “SpaceX” que, em maio, levou dois astronautas à mesma Estação Espacial Internacional. Doug Hurley e Bob Behnken regressaram à Terra a 1 de agosto.