Imigrantes pedem asilo humanitário ao México para atravessar fronteira dos EUA

Caravana com 200 imigrantes quer entrar nos EUA e pede auxílio ao México para conceder visto humanitário

Caravana 200 de imigrantes pede ao México que lhes conceda um visto humanitário para poder atravessar o território e cruzar a fronteira com os EUA. Autoridades mexicanas estão em alerta

Da Redação

Autoridades do México estão em alerta com a nova onda de imigrantes que pede ao país visto humanitário para atravessar o território e cruzar a fronteira com os EUA. Cerca de 200 migrantes, entre venezuelanos, haitianos, cubanos e centro-americanos, partiram na segunda-feira em caravana, a sétima este ano, em busca de regularização para continuar sua rota para os EUA.

______continua após a publicidade_______

retaxes

A caravana partiu da estação de imigração “Siglo XXI”, na fronteira entre a Guatemala e o México, com destino à comunidade de Álvaro Obregón, primeira parada a cerca de 15 quilômetros de Tapachula, onde montará um acampamento temporário até o diálogo com as autoridades do “Instituto Nacional de Migração (INM).”

Este novo grupo de imigrantes não esperou o processo de regularização realizado pelas autoridades de imigração em Tapachula e tomou a decisão de se agrupar e caminhar pela estrada costeira até a comunidade de Álvaro Obregón.

Uma situação preocupante para autoridades mexicanas, pois em abril, outra caravana de migrantes avançou cerca de 40 quilômetros, chegando ao município de Huixtla, onde se entregou aos agentes do INM.

Lembrando que o México deportou mais de 114.000 estrangeiros em 2021, segundo dados da Unidade de Política de Migração do Ministério do Interior do país. Além disso, recebeu um recorde de 131.448 pedidos de refugiados em 2021. Esses peticionários, mais de 51.000 haitianos.

____________________publicidade___________________

seguro

seguro

anuncie