Entrevista exclusiva: 2ª Parte – Mortgage broker/lender Dwight Kleine

voltar

FEV/13 – pág. 42

Quais são os requisitos para preparar um indivíduo para uma futura compra de imóvel, ajudando-o a obter maior chance de conseguir empréstimo?

Para que o futuro comprador tenha boas chances de conseguir empréstimo, ele deverá ter uma pontuação no seu crédito de no mínimo 640; a soma do que entra financeiramente menos os gastos devem ser 50%; deverá ter dois meses de dinheiro para pagar o PITI (principal do empréstimo, juros, IPTU e seguro). Todo o dinheiro da entrada e do closing (gastos da venda final) deverão ser comprovados e estar na conta por pelo menos 2 meses. Não deverá ter atraso de pagamento excedendo 30 dias no seu histórico de crédito nos últimos 12 meses; e também não deverá ter nada em collection (cobrança) nos últimos 12 meses. Se o futuro comprador fez um short sale (vendeu a sua casa por menos do que devia ao banco), deverá aguardar pelo menos dois anos, contando do dia em que a transação foi efetuada, antes de efetuar nova aplicação para um empréstimo. Se o futuro comprador declarou bankruptcy (falência), deverá aguardar o prazo de pelo menos 3 anos antes de aplicar para um novo empréstimo com o FHA.

Qual é a maior diferença para que as pessoas procurem um mortgage broker como você, ao invés de ir ao banco onde possuem conta corrente?

Os mortgage brokers e mortgage lenders trabalham com muitas fontes de empréstimo, então, normalmente conseguem efetuar o empréstimo mais rapidamente do que os bancos grandes. Os mortgage lenders, como é o caso de minha empresa, conseguem muitas vezes aprovar empréstimos que normalmente são negados pelos bancos maiores e mais conhecidos. No caso de bancos grandes, se algum dos requisitos não puder ser cumprido, o banco nega o empréstimo. Como mortgage broker ou mortgage lender, nós trabalhamos com vários bancos e fontes de empréstimo, aumentando a chance de encaixar o perfil do cliente ao banco que o aceitará – mesmo sem ter aquele determinado requisito anteriormente exigido pelo banco grande. Nós, da “Fidelity Funding Mortgage Corporation”, processamos e avaliamos (autorizamos) os pedidos de empréstimo em nossa matriz aqui mesmo em Maitland/Fl., além de termos contato direto com os underwriters, que são as pessoas que avaliam o processo e, no fim, autorizam ou não o empréstimo. Quando temos um caso mais difícil, temos acesso direto aos underwriters para justificar cada caso. Infelizmente, a maior parte dos bancos grandes tem que enviar toda a documentação a outro departamento, normalmente fora do estado, por isso eles perdem o controle do que está acontecendo com o processo que agora já não está mais em suas mãos. Eu ainda gosto de poder conhecer os meus clientes e lutar por aquela pessoa ou família que quer realizar o seu sonho. Eu já tive muitos clientes com excelente crédito, com contas abertas em bancos como o Chase, Bank of America e outros, e neles possuíam bastante dinheiro disponível. Infelizmente, alguns compradores recebem a promessa de um empréstimo – que é negado depois de grande tempo de espera. Em alguns casos, chega a ser irônico, pois o banco não dá o empréstimo ao cliente, mas nós conseguimos realizar seu sonho dando-lhe esse empréstimo. Bem, aí a minha companhia vende o empréstimo e adivinha quem compra? Bancos como o Chase, que negou o empréstimo a esse mesmo comprador.

Quais são os juros atuais?

Como você sabe, os juros variam diariamente. Hoje, eles encontram-se entre 3.25% e 3.5% para um empréstimo FHA de 30 anos fixos ou menos de 3% para 15 anos fixos. Dependendo do tipo de empréstimo, os juros podem ser até de 9%.

Ainda existe algum empréstimo com Tax ID? Se a resposta for negativa, qual é a solução para os brasileiros que vivem nos Estados Unidos e não possuem o seguro social para poder comprar a casa dos seus sonhos?

Infelizmente, Tax ID e outros tipos de empréstimo desapareceram do mercado no fim de 2008 para o começo de 2009. Brasileiros que vivem nos Estados Unidos e não possuem o seguro social não podem comprar uma casa financiada, bem como não se qualificam para o empréstimo para estrangeiros, que requer 30% de entrada, porque eles vivem e trabalham nos Estados Unidos. Isso também acontece com empréstimos a estrangeiros e a pessoas que residem e trabalham no seu país e que querem financiar um imóvel na Flórida; para brasileiros que são cidadãos ou têm o Green Card, eles não se qualificam para o empréstimo para estrangeiros, mas se qualificam para o empréstimo americano normal.

Qual é a sua opinião para os empréstimos e juros no ano de 2013?

De acordo com o que eu tenho ouvido do governo e lido, o governo vai continuar a comprar os mortgages e subsidiar os juros até 2014. Se a política deste governo continuar assim, eu creio que os baixos juros serão estáveis por todo o ano de 2013.

Devido à grande procura, pedimos ao Dwight para nos informar mais sobre o empréstimo para estrangeiros. Fiquem atentos às edições futuras que trarão detalhes sobre esse tipo de financiamento.

Se tiverem alguma dúvida a respeito de mortgage, entrem em contato com o Sr. Dwight Klein – (407) 370 3691 ext. 105 ou dwightkleine@gmail.com.

Vera Mendonça – Realtor
(407)367-8711
vera@nossagente.net