Brasileira relata “medo de morrer” no voo da United Airlines que soltou faíscas

Entre os 256 passageiros do voo da United Airlines, que soltou faíscas ao decolar do “Aeroporto de Newark”, em Nova York, estava à brasileira, Maria Pinheiro, que reside há 22 anos em Newark. Conta ao “Nossa Gente” que teve “medo de morrer”

Da Redação – Foi um susto para os passageiros – a maioria de brasileiros –, a bordo do avião da United Airlines, na quarta-feira, que soltou faíscas ao decolar do “Aeroporto Internacional de Newark”, em Nova York, provocando momentos de tensão na torre de comando. Com destino a São Paulo, o voo com 256 passageiros apresentou falha na bomba de pressão hidráulica, causando rastros de fogo nas laterais da aeronave, com iminente ameaça. Brasileira a bordo conta que teve medo de morrer.

O piloto e co-piloto agiram rápido, conduzindo a aeronave em direção ao Oceano Atlântico – deu cinco voltas e retornou ao aeroporto. Uma inspeção inicial apontou um problema com uma bomba hidráulica no avião, que era operado pela United Airlines, segundo comunicado da companhia aérea.

______continua após a publicidade_______

seguro

Entre os passageiros, a brasileira Maria Pinheiro, de Poços de Caldas (MG), que relatou o “medo de morrer” quando viu o rastro de fogo, provocado pelas faíscas, ao olhar pela janela. “Pensei que o avião fosse explodir. Pensei na minha família, no meu esposo, e tive muito medo de morrer. Fiquei sem ação porque foi tudo rápido demais, e agradeci a Deus quando o piloto tranquilizou os passageiros, dizendo que o perigo tinha sido contornado.”

“As pessoas ao meu lado ficaram apavoradas, mas em silêncio. Eu não conseguia raciocinar e queria sair daquela situação crítica, que durou alguns segundos, mas que parecia uma eternidade”, complementa.

“Quis desistir de viajar para o Brasil, mas resolvi prosseguir a viagem. Foi a primeira vez que isso aconteceu comigo. Moro há 22 anos em Newark, em New Jersey, e já voei inúmeras vezes para o Brasil. Em situações como essa, de perigo, é que a gente se da conta de que a vida é um sopro, e que temos que viver intensamente. O que vem pela frente, não se sabe”, desabafa.

Segundo comunicado da United Airlines, “após perceber um problema mecânico, logo após a decolagem, o avião permaneceu no ar para queimar combustível e depois pousou em segurança”. A companhia informou que  os 256 passageiros que estavam na aeronave desembarcaram em segurança e aguardaram um novo voo.



____________________publicidade___________________

seguro

tarot

anuncie