Tendências à vista

Tendências à vista

Edição de novembro/2017 – pág. 40

Tendências à vista

Conforme o final do ano vem chegando, muitos já começam a preparar as inovações para o ano novo. Naturalmente, é um ótimo momento para mudar os ares do lar, talvez remanejando o mobiliário, trocando algumas peças, renovando a pintura, e assim por diante. Porém, antes de começar, preste muita atenção em algumas tendências reveladas por arquitetos e decoradores para o design de interiores do próximo ano. Assim, a sua casa ficará na moda.

Cores, texturas e formas são o destaque de uma tendência que virá com tudo para 2018 e que já começamos a ver na decoração deste ano. O ano vem cheio de ideias e referências que poderão ser adaptadas para complementar o visual da sua casa. Confira 8 itens que darão as caras em 2018 e saiba como usá-los na sua decoração.

Mantas felpudas para cadeiras

As mantas de peles fake para cadeiras já são item tendência e vão continuar valendo para o próximo ano. Geralmente são utilizadas em peças de acrílico transparentes ou coloridas e ficam excelentes para compor home offices de forma sutil e elegante, sem perder o conforto. A manta mais tradicional é a branca, pois combina com todas as cores e ajuda a criar um ambiente clean. A peça combina bem com tons pastéis como: turquesa, azul, rosa ou o clássico cinza. Detalhes em madeira também ajudam a trazer um charme único.

Iluminação de neon para as paredes

Elementos mais modernos tomarão conta da iluminação do lar. Principalmente as lâmpadas de neon em suas mais variadas formas. Neste quesito, o mais interessante é usar a criatividade e buscar por uma solução única e original que não seja possível de encontrar em todos os cantos. Portanto, uma peça de design ou elementos DIY são uma ótima pedida. Esse acessório traz um toque de cor ao ambiente, deixando-o mais alegre e descontraído, além de ter a liberdade de formar desde um desenho mais simples, até frases e palavras mais elaboradas que combinam com a personalidade do dono da casa.

Acessórios e estampas geométricas e em relevo

Para os tecidos, as superfícies texturizadas ganharão mais presença. Seja para as almofadas ou tapetes, os relevos são tão interessantes para o tato quanto para a visão. Além disso, criam uma sensação aconchegante. Assim como peças decorativas usadas em mesas e estantes, a geometria agora vai ditar a moda dos tapetes, capas de almofadas e mantas de sofá. Tem um charme único, que ajuda a trazer um toque de modernidade ao ambiente sem deixar de ser alegre ou até mesmo clássico e neutro.

Millennial Pink, o rosa do momento

Voltando à questão das cores, para dar mais vida aos tons sóbrios e claros, o rosa antigo ganhará espaço. Também conhecido como millenial pink, este tom pastel já domina vários cenários ao redor do mundo, desde residências até espaços comerciais. Se não quiser utilizá-lo na pintura das paredes, pode levá-lo aos tecidos ou artigos decorativos. Esta tendência vem acompanhando a ideia de utilizar o rosa em roupas e até mesmo nos cabelos.

Holográfico, furta cor e sereismo

Sereismo é um tema recorrente nos últimos anos e a tendência agora invade a decoração das casas com seus acabamentos furta cor ou holográficos nos azulejos, vasos de plantas e pratos decorativos, principalmente. Esse visual tem inspiração nas caudas das sereias, brilho das conchas marinhas e nas cores encontradas no fundo do mar, que variam entre tons turquesa, azul, roxo e rosa.

Acabamento em veludo

O veludo foi ponto alto do inverno do hemisfério sul na moda e agora também é sucesso na decoração. Pode ser encontrado em sofás e poltronas, além de tapetes para s sala e dormitórios. É um tecido clássico que combina muito bem com cores escuras como azul, preto e vinho. O veludo traz um ar de elegância e sofisticação ao ambiente.

Itens sustentáveis com toque de natureza

As plantas estão em alta na composição da decoração dos lares na virada de 2017 para 2018. Então, traga a vegetação para dentro de casa e crie uma atmosfera vibrante. Todas as opções são válidas, seja em vasos ou jardins verticais, o que importa é incorporar esta ideia. Madeira, palha, plantas e flores compõem um visual mais natural e ajudam a trazer leveza e tranquilidade para a área escolhida.

Peças antigas

Enquanto a iluminação é mais moderna, peças antigas serão incorporadas ao mobiliário. Uma boa oportunidade para reformar aqueles móveis que estão encostados no depósito, porque um dia saíram de moda. Como sabemos, as tendências da decoração vão e voltam, e por isso não é recomendado se desfazer de mobiliários valiosos. Aqui, há uma boa oportunidade para incorporar o estilo rústico no lar. Como notamos em alguns pontos, há uma tendência geral de retorno às raízes, uma tentativa de combinar o estilo de vida moderno com elementos do passado que merecem ser valorizados. Dentro deste contexto, o artesanato também ganhará espaço na decoração de 2018. Até a próxima!