Volta de brasileiros promete recorde no aeroporto de Orlando em 2018

Volta de brasileiros promete recorde no aeroporto de Orlando em 2018

Estima-se que 486.000 brasileiros desembarquem em Orlando em 2018, marcando a retomada do crescimento na demanda local, com consumidores vindos de várias partes do Brasil

Edição de março/2018 – pág. 06

Volta de brasileiros promete recorde no aeroporto de Orlando em 2018

Após período de dificuldades econômicas no Brasil, com a transição de presidentes e o alto índice de corrupção, o brasileiro volta a buscar o caminho de Orlando, realizando viagens para a Central Flórida, prometendo novos recordes em 2018 – estimativa de 486.000 passageiros. É a retomada do crescimento na demanda local, com consumidores vindos de várias partes do país – o Brasil –, desembarcado em grande contingente no Aeroporto Internacional de Orlando.

Com isso, o novo serviço da linha aérea brasileira Gol, juntamente com a Latam, para Fortaleza, e os aumentos de capacidade da Azul e da Delta, ajudaram o número de assentos sem escalas do Brasil para Orlando. O impacto na economia projetado para este ano é de cerca de US$ 1 bilhão, um aumento de 111% em relação a 2013, aponta a “Greater Orlando Aviation Authority”.

O tráfego de brasileiros voltou a registrar recordes no aeroporto de Orlando, comemorado pelo diretor executivo da “Greater Orlando Aviation Authority”, Phil Brown. “O Brasil está de volta! Este ressurgimento de nosso terceiro maior mercado internacional traz um impulso bem-vindo à economia local”, enfatiza.

É o consumidor brasileiro que desembarca em Orlando, disposto a cumprir o seu roteiro de viagem que inclui visita aos parques, compras em lojas, shopping e outlets, entre outras inúmeras atividades. São famílias, grupos monitorados, estudantes em férias, enfim, uma movimentação considerável no aeroporto de Orlando.

Dados estatísticos do MCO desde o Brasil

Os assentos programados do Brasil para Orlando neste ano serão 486 mil, um novo recorde. O recorde anterior foi de 361 mil, antes da recessão brasileira. Quatro são as companhias aéreas vindas do Brasil para MCO: Azul, Delta, Gol e Latam. São sete os destinos do Brasil: BSB (Brasília) – GOL (4 de novembro); CNF (Belo Horizonte) – Azul; FOR (Fortaleza) GOL (4 de novembro) e LATAM (5 de julho); GIG- (Rio de Janeiro) – LATAM; GRU (São Paulo) – Delta, LATAM; REC (Recife) Azul e Viracopos (outro aeroporto de São Paulo) Azul.

Com mais de 44,6 milhões de passageiros anuais, o MCO é o aeroporto mais movimentado da Flórida, o 13º mais movimentado nos EUA. O aeroporto é estrategicamente muito bem localizado, está a duas horas de distância de 60% das residências do Estado. O MCO tem mais de 21.000 funcionários e gera mais de US$31 bilhões em receitas para a economia regional. O Aeroporto Internacional de Orlando se esforça para valorizar e encantar seus clientes através de um conceito de design abrangente conhecido como The Orlando Experience®.