Visto de trabalho para imigrantes em processo de legalização será de 2 anos

O documento de autorização de trabalho para imigrantes terá validade de dois anos

 

O documento de Autorização de Trabalho (EAD), o visto de trabalho, para imigrantes em processo de legalização agora terá validade de dois anos, informa o “Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS”. A boa notícia foi recebida com entusiasmo

 

Da Redação

O “Serviço de Cidadania e Imigração dos EUA (USCIS)” acaba de atualizar seu Manual de Políticas para aumentar o período de validade da autorização de trabalho para imigrantes em processo de ajuste de status – de um ano para dois anos. A boa notícia foi comemorada pelos os que aguardam o documento de Autorização de Trabalho (EAD), mais conhecido como visto de trabalho.

Quando um estrangeiro solicita legalizar seu status para obter a residência permanente, também pode solicitar autorização de trabalho para trabalhar legalmente nos EUA enquanto aguarda a decisão de seu processo de ajuste.

Atualmente, o USCIS emite o documentos de Autorização de Trabalho (EADs) para os candidatos em processo de legalização, que são válidos por apenas um ano.

Mas a partir de agora, a fim de reduzir atrasos e estagnação no sistema de imigração, o USCIS vai estender a validade da autorização de trabalho de um para dois anos para os candidatos a ajuste de status, de acordo com um alerta de política da agência.

A concessão de validade mais longa se aplicará tanto à emissão dos EADs iniciais quanto às suas renovações.

“Espera-se que o aumento do período de validade dos EADs para certos requerentes de ajuste, reduza o número de pedidos de autorização de trabalho que o USCIS recebe e permita que a agência transfira seus recursos limitados para outras áreas prioritárias”, disse autoridade de imigração em um demonstração.

O USCIS indicou que a mudança faz parte da atualização de vários regulamentos para melhorar os serviços de imigração.

Desde que o presidente Joe Biden assinou uma ordem executiva para “restaurar a fé” no sistema de imigração, seu governo eliminou as políticas destinadas a restringir a imigração legal, como uma proposta para endurecer a coleta de dados biométricos e a temida regra de imigração . ‘modo de residência permanente se eles receberam benefícios da previdência.