Universidade dos Estados Unidos cria RoboCop da ‘vida real’

Universidade dos Estados Unidos cria RoboCop da ‘vida real’

Policial controla robô à distância com óculos de realidade virtual e sensores.
Máquina tem 1,82 metro de altura e pesa 34 quilos.

RoboCop da 'vida real' está em desenvolviento em universidade dos EUA (Foto: Wilfredo Lee/AP)
RoboCop da ‘vida real’ está em desenvolviento em
universidade dos EUA (Foto: Wilfredo Lee/AP)

A Universidade Internacional da Flórida apresentou na quarta-feira (12) um robô policial controlado à distância que recebeu o nome de RoboCop, o mesmo dos filmes clássicos.

Criado pelo Discovery Lab da universidade, o robô tem como objetivo patrulhar ruas e dar uma nova chance para policiais com deficiência ou que sofreram algum acidente de trabalho e não podem mais sair para as ruas.

Com 1,82 metro de altura e 34 quilos, o protótipo é comandado à distância por um policial que utiliza o óculos de realidade virtual Oculus Rift para enxergar o mesmo que o robô.

Sensores nos braços e nas mãos são colocados no usuário para fazer com que a máquina reproduza os mesmos movimentos, sendo possível pegar algum objeto e reproduzir alguns sinais com as mãos.

Com o Oculus Rift, para onde o policial olhar, o robô irá virar o rosto para mostrar a imagem.

Não há previsão de o RoboCop da “vida real” sair para as ruas. De acordo com os criadores, os próximos passos incluem fazer uma carcaça externa mais resistente, melhorar o programa que faz o robô entender comandos e recebê-los à distância e, por último, fazer testes nas ruas.

Policial usa óculos de realidade virtual e sensores nas mãos e braços para controlar RoboCop à distância (Foto: Wilfredo Lee/AP)
Policial usa óculos de realidade virtual e sensores nas mãos e braços para controlar RoboCop à distância (Foto: Wilfredo Lee/AP)

Fonte: g1.globo.com