Um pedaço da Itália em Manhattan

voltar

JUL/13 – pág. 74

EatalyComemorando 45 anos de casamento em Nova York, escolhemos uma rua com esse número: a Madison Avenue at 45th.

Toda vez que vou a Nova York, descubro lugares novos e não foi diferente desta vez. Descobri um onde passei meio dia me encantando, pois tudo o que eu mais gosto é a arte de comer bem e a sofisticação do simples com tradição. Esse lugar tem um nome que o explica:Eataly, número 200 da Fifth Avenue – entre as ruas 23 e 24. Simplesmente maravilhoso. Fiquei diante da confecção de massas feitas a mão por mais de uma hora. Começou com raviólis, nhoques e, finalizou, por fusilis feitos com um ferrinho e tendo a massa rodeada nele, manualmente. A maioria dos produtos vem de vários pontos da Itália e regiões.

Sua característica é de um mercado, não é um restaurante, mais especificamente para degustar vinhos e queijos e também excelentes massas e saladas. Lá, vocês encontram sete restaurantes. O local tem 50.000 square feets – cerca de 4.600 metros quadrados – e possui mais de 10.000 produtos, de todos os tipos. Estão preparados para receber pequenos e grandes jantares, coquetéis e tudo o mais de que se possa necessitar.

Logo na entrada, você encontra um excelente café da manhã, que vai das 8h e estende-se até às 23h. Esse local incomum, maravilhoso, que foi aberto em 31 de agosto de 2010, em Nova York, já existia em Turim, na Itália, desde 2007, fundado por Oscar Farinetti. Duas semanas depois da inauguração, havia filas na 5ª. Avenida para entrar na loja.

Eataly tem várias lojas na Itália, em Roma, perto da Ostiense Station e existe projeto para abrir uma filial em Coconut Grove, em Miami. Já com contrato assinado numa área de 60.000 SF, a próxima será em Chicago, a ser inaugurada em setembro de 2013 ao custo de US 20 milhões.

Dá para perceber que fiquei fascinada, não é? Agora vamos a algumas das receitas do local.

 

Cleide Rotondo
cleide@nossagente.net