Tricolor quebra invencibilidade celeste no Mineirão e respira no Brasileirão

Tricolor quebra invencibilidade celeste no Mineirão e respira no Brasileirão

Ganso
Ganso

O São Paulo quebrou a invencibilidade de 12 jogos do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro e no Mineirão desde a reforma do estádio. O placar de 2 a 0 ajudou a manter o Tricolor Paulista fora do Z-4. Para o comentarista do SporTV Bob Faria, o técnico Muricy Ramalho “deu um show” e comandou o time são-paulino na “melhor partida da equipe neste Brasileirão”.

– O São Paulo ganhou mais do que os três pontos. Ganhou confiança, possibilidade, um caminho, uma luz. O Muricy deu um show. Montou um esquema que travou o time do Cruzeiro, que não deixou jogar, travou as principais peças. O meio-campo do São Paulo anulou a saída dos volantes do Cruzeiro. Fez um esquema com três zagueiros, cinco no meio-campo, os dois atacantes. Isso tirou toda mobilidade do time do Cruzeiro. O melhor em campo foi o Muricy. Ele foi determinante para essa performance do São Paulo, que fez a sua melhor partida no Campeonato Brasileiro – afirmou o comentarista ao SporTV do canal PFC Internacional.

Bob também chamou atenção para a forma como o São Paulo começou o jogo. Aos 13 minutos, com o Rodrigo Caio, e aos 21, com Reinaldo, os paulistas levaram perigo ao gol de Fábio. Os mineiros só responderam aos 23, com Ricardo Goulart. Willian ainda perdeu gol feito para os donos da casa aos 31.

– O São Paulo já começou agredindo, marcando lá na frente sob pressão, forçando o Fábio a fazer defesas, o que é uma coisa raríssima em se tratando de jogos no Mineirão. Virando o jogo pelo lado direito, pelo lado esquerdo, às vezes na sorte, às vezes um pouquinho na raça, mas tentando encontrar saídas. O Cruzeiro demorou a achar espaço para jogar – avaliou.

Com um resultado importante, o São Paulo também teve alguns destaques individuais na visão do comentarista. Para Bob Faria, Paulo Henrique Ganso ainda está longe de ser o jogador que a torcida espera, mas fez uma boa partida. Dênis se mostrou pronto a assumir a vaga de Rogério Ceni em 2014 e Rodrigo Caio “fez partida brihante”.

– Dênis fez defesas importantíssimas. Talvez ele seja o titular do São Paulo no ano que vem, se o Rogério realmente encerrar sua carreira. O Dênis se mostrou apto a fazer isso. O Rodrigo Caio fez uma partida brilhante, não só na defesa, mas aparecendo lá na frente. O Ganso não foi aquele Paulo Henrique Ganso espetacular que todo mundo está esperando para ver, mas mais uma vez fez uma boa partida, encontrou espaços para jogar, encaixou boas jogadas, bateu falta – opinou.

No próximo domingo, o São Paulo fará o clássico paulista com o Corinthians, no Pacaembu. O PFC transmite ao vivo às 16h (de Brasília). Já o Cruzeiro enfrenta o Atlético-MG, no Independência.