Tensão reacende conflito entre militares israelenses e palestinos, após ataques aéreos em Gaza

 

Militares israelenses voltam a atacar Gaza e conflito deixa população palestina em pânico

 

Militares israelenses alegam que atacaram compostos armados do Hamas, na Faixa de Gaza, em resposta ao lançamento de balões incendiários do território que causou incêndios em campos no sul de Israel

 

Da Redação

A situação volta a ficar tensa no Oriente Médio. Um campo em chamas é visto depois que palestinos em Gaza enviaram balões incendiários sobre a fronteira entre Gaza e Israel, perto de Nir Am, agora a pouco.

Os militares israelenses disseram que sua aeronave atacou compostos armados do Hamas, na Faixa de Gaza, nesta quarta-feira, em resposta ao lançamento de balões incendiários do território que causou incêndios em campos no sul de Israel.

Em um comunicado, os militares disseram que estavam “prontos para todos os cenários, incluindo a retomada dos combates em face dos contínuos atos terroristas vindos de Gaza”.

Os ataques, após uma marcha nacionalista israelense em Jerusalém Oriental que irritou os palestinos, foram os primeiros lançados por militantes de Israel e Gaza desde que um cessar-fogo mediado pelo Egito encerrou 11 dias de combates na fronteira no mês passado.