Suspeita é que Philip Seymour Hoffman tenha morrido de overdose

Suspeita é que Philip Seymour Hoffman tenha morrido de overdose

Ator foi encontrado morto no apartamento onde morava, em Nova York. Polícia vai investigar a procedência da droga que estava com o ator

Philip Seymour Hoffman foi encontrado morto neste domingo (Foto: Tony Gentile/France Presse)
Philip Seymour Hoffman foi encontrado morto neste
domingo (Foto: Tony Gentile/France Presse)

O ator Philip Seymour Hoffman foi encontrado morto no apartamento onde morava, em Nova York. A suspeita é de que ele foi vítima de overdose de heroína. O consumo da droga tem aumentado nos EUA. Hoffman era dependente químico. Ele tinha 46 anos e venceu o Oscar de melhor ator, em 2006, pela apresentação de Truman Capote. A autópsia no corpo do ator será feita nesta segunda-feira (3).

O ator foi encontrado morto domingo de manhã no banheiro do apartamento, no quarto andar. Hoffman tinha uma seringa em um dos braços e ao lado do corpo, investigadores acharam embalagens com o que acreditam ser heroína. O corpo deixou o prédio ontem à noite. O ator lutava há anos contra a dependência de drogas.

Em 2006, disse em uma entrevista que quase morreu depois que se formou na universidade. Segundo o próprio ator, ele passou 23 anos afastado de drogas e álcool, mas teve uma recaída em 2012 e foi parar em uma clínica de reabilitação no ano passado por usar heroína e remédios controlados.

Hoffman era discreto, gostava de privacidade e dizia que ser ator era simplesmente uma profissão. Como perfeccionista e dedicado, ele também falava que atuar era algo tortuoso, que é difícil se tornar um excelente ator.

Em nota, a família disse que está devastada com a perda trágica e repentina. Hoffman deixou para trás três filhos. Ator versátil, ele viveu personagens marcantes. Foi indicado quatro vezes ao Oscar. Em 2006, ganhou a estatueta de melhor ator pelo filme Capote.

Hoffman fez mais de 50 filmes e aos 46 anos era considerado pela crítica americana um dos atores mais brilhantes da geração dele. Uma das ultimas aparições públicas foi no Festival de Sundance, duas semanas atrás.

Em uma entrevista em 2011, Hoffman falou sobre a dependência de álcool. “Eu bebia muito e parei, mas só porque aquele período passou, não significa que tenha sido só uma fase.”

Nas redes sociais, muitos colegas de Hollywood prestaram homenagens a Hoffman. Os fãs deixaram flores na porta do prédio do ator.

Fonte: g1.globo.com