SPORTV Repórter mostra a importância do futebol universitário americano na luta contra a segregação

SPORTV Repórter mostra a importância do futebol universitário americano na luta contra a segregação

PFC_LOGO_slogan2O SporTV Repórter deste sábado, 14 de junho, vai mostrar como o futebol universitário americano teve um papel fundamental na luta contra a segregação nos Estados Unidos. Até o início dos anos 70, as principais universidades americanas do país não aceitavam atletas negros no esporte. O episódio “Um sonho americano” vai mostrar a história por trás do preconceito, os pioneiros no campo e o dia em que a igualdade virou o jogo.

A correspondente em Nova York, Karin Duarte, foi ao Sul do país para conhecer um pouco dessa história e entrevistou personagens que participaram das competições do clássico “Orange Blossom”, torneio disputado desde os anos 30 por universidades destinadas à estudantes negros. Foi numa partida do torneio, em 1969, que pela primeira vez nos Estados Unidos, brancos e negros disputaram uma partida de futebol americano.

A repórter também conversou com James Harris, o primeiro armador negro a jogar na NFL, principal liga do esporte no país.

O canal PFC exibe o “SporTV Repórter” neste sábado, 14, às 10h da manhã, com reprise às 15h30 (fuso de Brasília).