San Francisco endurece as regras e impõe restrições a não vacinados

A partir do dia 20 – sexta-feira -, não vacinados terão duras restrições em San Francisco

 

Quem não tiver tomado as duas doses dos imunizantes (ou uma da vacina da Janssen, que é dose única) será impedido de comer em ambientes fechados e frequentar bares, baladas, academias, cinemas, teatros, shows

 

Da Redação

A regra é dura para não vacinados contra a Covid-19, na cidade de San Francisco, no estado da Califórnia. O anúncio foi feito na quinta-feira. Portanto, pessoas que não estão vacinadas são alvos de abordagem por parte dos agentes de saúde, espalhados por toda cidade.

A prefeita de San Francisco, London Breed, afirmou que a medida “é um passo importante”. “Todos temos que fazer a nossa parte. Precisamos ser vacinados”.

Quem não tiver tomado as duas doses dos imunizantes (ou uma da vacina da Janssen, que é dose única) será impedido de comer em ambientes fechados e frequentar bares, baladas, academias, cinemas, teatros, shows e outros eventos que não forem realizados ao ar livre.

A nova regra, que entrará em vigor na próxima sexta-feira (20), se aplica inclusive a pessoas que tiverem feito um teste negativo de Covid-19.

A cidade é ainda mais rigorosa que a anunciada por Nova York, que vai passar a exigir um comprovante de vacinação, porque os nova-iorquinos terão direito ao “passe livre” a partir da primeira dose de qualquer imunizante.

Nova York também está pagando US$ 100 (cerca de R$ 500) para quem se vacinar contra a Covid-19

As exigências das prefeituras surgem em meio à desaceleração da vacinação e um aumento de casos e mortes por Covid-19 no país com o avanço da variante delta .

Medidas semelhantes estão sendo adotadas por várias empresas pelos governos estaduais, e também pelo governo federal no país. Elas também têm sido adotadas em outros lugares do mundo, como na França, e gerado protestos.