Róchez marca de novo e Orlando City derrota Chicago Fire fora de casa

Róchez marca de novo e Orlando City derrota Chicago Fire fora de casa

Orlando_City_2014O Orlando City derrotou o Chicago Fire nesse sábado (19/09), por 1 a 0, no estádio Toyota Park, na região metropolitana de Chicago, e o atacante hondurenho Bryan Róchez marcou o segundo gol dele em duas partidas consecutivas.

“Me sinto muito bem fisicamente agora”, disse Bryan Róchez. O treinador sempre me disse que preciso trabalhar muito duro e tenho dado meu melhor. Esse é um momento muito bonito para mim e para o time”, completou o jogador.

Foi a segunda vitória consecutiva dos Lions, que haviam derrotado o Sporting Kansas City no domingo por 3 a 1. O Orlando City mantém vivas as chances de classificação para os playoffs no ano de estreia do clube na Major League Soccer (MLS).

Os Lions ocupam a sétima colocação da Conferência Leste, com 35 pontos em 30 jogos, enquanto o Chicago Fire é o décimo colocado, com 27 pontos.

Sem contar com o capitão Kaká, que está em fase final de recuperação de uma lesão muscular, a equipe treinada pelo técnico inglês Adrian Heath suportou a pressão do Chicago Fire nos primeiros 25 minutos de partida.

O zagueiro francês Collin deu segurança à defesa, dificultando o trabalho dos três rápidos atacantes africanos do Chicago Fire. Nos contra-ataques, os Lions levaram perigo ao Fire na habilidade do colombiano Carlos Rivas.

O goleiro do Orlando City, Tally Hall, começou a fazer a diferença aos 33 minutos do primeiro tempo, com uma grande defesa, saltando e buscando no canto esquerdo a bola cabeceada pelo atacante nigeriano Igboananike. Tally fechou o gol mais uma vez aos 37 minutos, em chute potente de Harry Shipp.

No segundo tempo, Tally Hall salvou aos 16 minutos tentativa à queima-roupa do romeno Cocis.

O atacante canadense Cyle Larin teria duas chances consecutivas a partir dos 20 minutos. Na primeira delas, bateu cruzado, mas o goleiro Busch defendeu. Na segunda, Larin tentou colocar no canto inferior esquerdo e a bola passou perto do gol.

A partir dos 25 minutos do segundo tempo, Adrian Heath fez três substituições que mudariam a história do jogo, promovendo as entradas do atacante Bryan Róchez, do meia norte-americano Brek Shea e do meio-campo salvadorenho Darwin Cerén nos lugares de Cyle Larin, Adrian Winter e Carlos Rivas.

Aos 40 minutos da etapa final, Brek Shea apareceu pela direita, cortou para dentro e passou para Darwin Cerén dentro da área. Darwin entregou para Bryan Róchez, que finalizou no canto esquerdo para marcar o gol da vitória do Orlando City, 1 a 0.

O Orlando City enfrenta o New York Red Bulls na próxima sexta-feira, na Red Bull Arena. Os Lions retornam ao estádio Orlando Citrus Bowl no dia 3 de outubro, para confronto com o Montreal Impact, do atacante marfinense Didier Drogba.

Chicago Fire 0x1 Orlando City

Estádio: Toyota Park

Local: Chicago, Illinois – EUA

Público: 20.280

Gols:

ORL: Bryan Róchez – 85’

Cartões:

ORL: Rafael Ramos (amarelo) 31’

CHI: Jeff Larentowicz (amarelo) 39’

CHI: Michael Stephens (amarelo) 62’

CHI: Patrick Nyarko (amarelo) 80’

Escalações

Orlando City SC – Tally Hall; Rafael Ramos, Collin, David Mateos e Luke Boden; Adrian Winter (Brek Shea 70’), Cristian Higuita, Carrasco,  Lewis Neal e Carlos Rivas (Darwin Cerén 81’); Cyle Larin (Bryan Róchez 70’)

Técnico: Adrian Heath

Chicago Fire –  Johnson; Cyrus, Ty Harden, Jeff Larentowics e Jones; Patrick Nyarko (Mike Magee 85′), Michael Stephens (Jason Johnson 85′), Matt Polster e Harry Shipp (Gilberto 71′); David Accam e Igboananike

Técnico: Frank Yallop

Estatísticas

Chutes a gol:

ORL: 8

CHI:14

Escanteios:

ORL: 4

CHI: 8

Impedimentos:

ORL: 2

CHI: 2

Faltas:

ORL: 12

CHI: 11

Defesas:

ORL: 4

CHI: 4

Para mais informações, acompanhe o Orlando City em www.OrlandoCitySC.comFacebookTwitterYouTube e Instagram.