Projeto Social ajuda crianças na República Dominicana

Projeto Social ajuda crianças na República Dominicana

“Coração e Mãos pelas Crianças”, com apoio da “Primeira Igreja Batista Brasileira” de Orlando necessita de doações de roupas, sapatos usados e prestação de serviços comunitários

LINDONESIA--PLACA-1

O Projeto Social “Coração e Mãos pelas Crianças”, com apoio da “Primeira Igreja Batista Brasileira” de Orlando (PIBBO), é uma organização sem fins lucrativos, idealizada e dirigida por Lindonesia Coelho, com colaboração de seu esposo, Vicente Coelho, das filhas, Nayra, Deborah e Thalita Coelho. O objetivo do Projeto é ajudar crianças carentes, na República Dominicana, – cidade de Sam Pedro de Macoris – onde o índice de pobreza é grande e crianças perambulam pelas ruas sem a proteção dos pais. Famílias que não recebem ajuda do governo ou da prefeitura local, vivendo em condições precárias, alerta Lindonesia. “O objetivo de nossa missão é ajudar as crianças e suas respectivas famílias, na nutrição e no período pré-escolar. Vamos trabalhar a questão do amor e respeito. Haverá transformação na vida desses meninos. Vamos conseguir um local para atender os que precisam”, diz.

Adiantou Lindonesia que no próximo mês de maio ela e o esposo vão se mudar para a Republica Dominicana, dando continuidade ao projeto social. As filhas que já residem naquele país, onde estudam Medicina, também vão trabalhar em prol da causa. “Estamos levando roupas, sapatos, alimentos e medicamentos. Estamos recrutando o auxílio de médicos, dentistas e professores voluntários, para que a cada três meses possam estar no país para nos ajudar nessa missão”, conta. “Eu e o meu marido vamos recrutar monitores, que terão a nossa supervisão nas aulas de música, recreação, Educação física e religião. É um trabalho árduo, mas de grande importância para as crianças que padecem de incentivo e esperança”.

Abraçar missão em um país distante, onde famílias vivem em condições de extrema pobreza, enfatiza Lindonesia, “é um chamado de Deus. Ser missionário nos Estados Unidos é muito fácil, agora, o difícil é você ir para um local onde pessoas estão à mercê do abandono e do esquecimento. Faço o meu trabalho com amor no coração e tenho confiança em Deus porque ele vai nos proteger”, relata a missionária. Mineira da cidade de Mutum – o esposo é de Aimorés (MG)-, ela inicia em Orlando a “Campanha Kit de Medicamentos”, com intuito de arrecadar os medicamentos necessários para atender as famílias dominicanas.

Sobre a origem do Projeto Social “Coração e Mãos pelas Crianças”, lembra Lindonesia que ela e o esposo foram visitar as filhas na universidade, na República Dominicana. Ambos queriam conhecer o local onde as meninas estudavam quando se depararam com o abandono de crianças perambulando pelas ruas e famílias passando necessidade. A primeira fase do projeto se deu no final de 2014, onde foram arrecadadas roupas, brinquedos e alimentos, sendo os mesmos já distribuídos durante o mês de dezembro. Mais de quinhentas crianças receberam presentes de Natal, e mais de seiscentos adultos receberam roupas e sapatos usados.

Próxima fase

A segunda fase do projeto será dividida de acordo com a necessidade da faixa etária e condição social da criança dominicana. Para as crianças entre 0 à 6 anos de idade será trabalhado o sistema denominado creche. Já as crianças entre 0 à 2 anos de idade o objetivo será o combate à desnutrição e, de 3 à 6 anos, o foco será no auxílio também aos pais com deficiências mentais. Inclui ainda os filhos de pais separados, que ficam abandonados nas ruas durante o dia. “Vamos suprir as necessidades de acordo com cada caso, oferecendo alimentos, remédios, vestimentas e local para ficarem durante o dia, onde possam fazer atividades”, explica.

O projeto ainda visa atender as crianças de 7 à 11 anos aos finais de semana, realizando palestras, eventos esportivos, oficinas de leitura, artes, ensino bíblico e alimentação. “Inicialmente iremos atender poucas crianças, de acordo com as doações já recebidas. A ideia é fazer com que esse projeto cresça e possa atender semanalmente pelo menos 100 crianças, até o final de 2015. Mas para atingirmos esse objetivo, precisamos da colaboração da população e de empresas que possam nos ajudar financeiramente, como tem feito a empresa Premier Stucco/LLC, através do seu proprietário, Michael Branco, que tem nos auxiliado para estabelecer a locação da base”, diz Lindonesia.

Ela reforça o pedido de que “precisamos de doações de roupas, sapatos usados, até prestação de serviços comunitários, pois pretendemos levar, trimestralmente, médicos, enfermeiras, dentistas, psicólogos e professores de diversas áreas para darem suporte de atendimento na saúde e na educação, ministrando oficinas de pintura, corte e costura, inglês, e ensino bíblico. Como estamos em fase inicial do projeto, organizando a base para que possamos alcançar nossos objetivos, precisamos de basicamente tudo: mesas, cadeiras, material didático de ensino religioso infantil em espanhol, projetor de multimídia”, complementa.

Condecoração

“Fomos condecorados com uma placa de Honra pelo serviço prestado a comunidade do bairro Filipinas de San Pedro de Macoris pela coordenação do Serviço Social daquela comunidade. Gostaríamos em primeiro lugar agradecer a Deus, e também a comunidade que nos ajudaram na campanha para arrecadação de presentes de Natal. Destacamos os empresários que mais colaboram conosco financeiramente para que nossa campanha de Natal: Michael Branco, Cristina Faria, Eduardo Silva, e Clodoaldo Costa”.

“Para conhecer mais sobre esse projeto, colaborar e fazer doações entre em contato através do e-mail lindonesiasouza@yahoo.com. Faça sua parte, ajude-nos com o que puder. Contamos com a sua colaboração. Se você puder doar seu trabalho para elaborar nosso site, agradecemos, pois ainda não temos nenhuma verba para isso”, finaliza Lindonesia.