Projeto quer afastar internet brasileira dos Estados Unidos

Projeto quer afastar internet brasileira dos Estados Unidos

Projeto deverá custar em torno de R$ 430 bilhões Reprodução/Bloomberg
Projeto deverá custar em torno de R$ 430 bilhões
Reprodução/Bloomberg

Objetivo é evitar outros casos de espionagem com a NSA

O governo brasileiro está planejando se afastar de maneira definitiva da internet norte-americana. De acordo com informações da Bloomberg, a Telebrás pretende construir um cabo de fibra ótica conectando Fortaleza com Portugal para utilizar a rede europeia.

O motivo por trás da decisão é a NSA, agência norte-americana de segurança que teria espionado as comunicações privadas de Dilma Rousseff durante anos. Parar de utilizar a rede de internet conectada aos Estados Unidos dificultaria esse tipo de invasão por parte do governo de Barack Obama.

Mesmo que os cabos de internet da Europa estejam conectados aos Estados Unidos, a NSA não poderia acessar a internet brasileira porque os países europeus teriam que dar permissão para finalizar o acesso, além de que os EUA teriam que instalar seus próprios equipamentos de espionagem para poder realizar a conexão final.

De acordo com a Bloomberg, o Brasil não é o primeiro país a dar indícios de que deseja se afastar da tecnologia dos Estados Unidos. Após os escândalos de espionagem da NSA denunciados por Edward Snowden, o prejuízo das empresas de telecomunicações e internet dos EUA foi grande: a Verizon, por exemplo, uma das maiores companhias de telefonia do país, perdeu milhares de contratos em outros países. Alguns especialistas chegam a estimar perdas de U$ 35 milhões.

A construção do cabo de fibra ótica não tem data para começar, mas a obra deve custar R$ 430 bilhões e nenhuma empresa norte-americana será contratada para realizar o projeto.

Fonte: noticias.r7.com