Prevenção contra incêndios

voltar

ABR/12 – pág. 42

Muito pode se fazer para a prevenção de incêndios. Seguem abaixo 10 dicas:

1- instale alarmes de fumaça em cada quarto, fora de áreas de dormir e salas e em cada nível de sua casa;

2- pratique um plano de fuga de todos os cômodos da casa. Atenção: todos têm que ficar perto do chão ao fugir do fogo e nunca abrir as portas que estão muito quentes. Selecione um local onde todos podem se encontrar depois de escapar da casa. Saia, então, para pedir ajuda.

3- quando extintores de incêndio em casas são utilizados em conjunto com detectores de fumaça, suas chances de sobreviver a um fogo são grandemente aumentadas. Hoje em dia, a instalação de sprinklers contra incêndios são acessíveis, além de aumentar o valor da propriedade e diminuir as taxas de seguro;

4- teste o seu alarme de fumaça a cada mês e troque as baterias pelo menos uma vez por ano;

5- aquecedores portáteis precisam de seu espaço. Mantenha qualquer material combustível longe deles, pelo menos a 2 metros de distância;

6- se tiver chaminé, instale uma malha com ¼ polegada não combustível para impedir a entrada de brasas;

7- considere a instalação de persianas protetoras ou cortinas pesadas resistentes ao fogo;

8- tenha uma mangueira de jardim perto da casa em uma posição estratégica para que em qualquer lugar se tenha acesso rápido;

9- mantenha um espaço “defensável” em torno de sua casa, limpando toda a vegetação inflamável (no mínimo de 30 metros ao redor de todas as estruturas). Limpe as folhas mortas e galhos para deixar espaçadas as plantas ornamentais, arbustos e árvores;

10- plante árvores e arbustos fáceis de pegar fogo longe de sua casa e longe o suficiente para que uma não inflame a outra.

OUTRAS DICAS DE PREVENÇÃO:

Não deixe fios elétricos criar um perigo em sua casa!

Sobrecarregar tomadas e extensões elétricas inapropriadas podem causar incêndioou perigo de eletrocussão. Use cabos elétricos com segurança:

• nunca sobrecarregue os cabos (fios) de energia. Cabos elétricos e filtros de linha têm capacidade de carga designada. Certifique-se da total quantidade de energia utilizada por aparelhos e luzes conectadas ao fio e não exceda a capacidade sugerida pelo fabricante;

• use fios de energia somente se esses apresentam certificado de teste para proteção de sobrecarga e que foram testados por um laboratório de segurança do produto;

• não utilize aparelhos que tenham fios danificados.

 

Os cabos de extensão não devem ser utilizados como definitivos para substituir tomadas que ficarão permanentemente ligadas.

Os fios elétricos devem ser do tamanho do que a especificação pede em relação ao aparelho elétrico, pois pode haver sobrecarga tornando os cabos (fios) quentes e podendo iniciar um incêndio.

Os fios dos eletrodomésticos e extensões são suscetíveis a danos físicos no tráfego de pedestres, mobiliário, animais de estimação da casa, portas giratórias e muitos outros.

Lino Cervino
Engenheiro Civil no Brasil e State 
Certified General Contractor nos EUA.
www.focusbulders.net
linocervino@nossagente.net