Prédio de 10 andares é fechado e evacuado em Miami, após relatório apontar perigo iminente

O condomínio “Crestview Towers” foi imediatamente fechado e moradores retirados

 

O condomínio “Crestview Towers” de 10 andares foi evacuado na noite desta sexta-feira, em Miami, depois que o relatório de inspeção do prédio considerou que não era seguro para ocupação devido a problemas estruturais e elétrico

 

Da Redação

A cidade de North Miami Beach ordenou que o Condomínio Crestview Towers fosse imediatamente fechado e evacuado na sexta-feira, 2 de julho de 2021, à noite, depois que um relatório de inspeção do prédio descobriu que ele tinha condições estruturais e elétricas inseguras, anunciaram as autoridades municipais.

Outro condomínio em Miami representa uma ameaça. A cidade Miami ordenou que o condomínio “Crestview Towers” de 10 andares fosse imediatamente evacuado na noite desta sexta-feira, depois que um relatório de inspeção do prédio considerou que não era seguro para ocupação devido a problemas estruturais e elétricos, disseram autoridades municipais.

O relatório de inspeção de 11 de janeiro de 2021, que a Associação de Condomínios entregou à cidade na tarde de sexta-feira depois que a cidade ameaçou fechar o prédio na quinta-feira, disse que o prédio de 156 unidades é:

A torre do condomínio é a primeira a ser fechada devido a problemas estruturais inseguros após o colapso parcial de “Champlain Towers South” em Surfside em 24 de junho. Enquanto os esforços de resgate continuam, 22 foram encontrados mortos e mais de 120 desaparecidos.

A cidade disse que os residentes do prédio estão sendo evacuados com “muita cautela”.

Por volta das 19h, a polícia já estava redirecionando o tráfego ao redor da antiga estrutura, na 2025 NE 164th St., e um caminhão de comando do incidente estava estacionado a um quarteirão de distância.

O relatório, emitido por Roberto Barrerio da “B&A Engineering Services” em Miami, detalhou problemas com o prédio de 49 anos, observando que as vigas, colunas, soleiras, paredes, lajes de varanda e outros elementos estruturais do prédio estavam “mostrando problemas, ”Disse o relatório.

“Rachaduras e lascas encontradas por toda parte. Umidade em lajes de varanda, paredes e outras características estruturais ”, disse o relatório. “Observou-se concreto fragmentado e corrosão do vergalhão.”

Além disso, o relatório disse que rachaduras foram observadas e “alguns reparos anteriores eram visíveis”.

O relatório também recomendou reparos em uma sala elétrica do quinto andar, luzes de emergência, sistema de alarme de incêndio, detectores de fumaça, gerador de emergência e luzes de saída.

Assim que a Associação entregou o relatório na tarde desta sexta-feira, as autoridades municipais decidiram fechar e evacuar o prédio, deslocando dezenas de residentes no fim de semana de 4 de julho.