Policial morre em ataque ao Capitólio. Homem invade entrada principal com carro e é alvejado

Na tentativa de invadir o Capitólio, homem é alvejado com tiro, após esfaquear policial

 

Foi um dia de fúria no Capitólio quando um carro bateu contra a barreira de segurança. Dois policias foram atingidos e um acabou morrendo. O agressor, identificado por Noah Green, de 25 anos, levou um tiro e morreu após ser levado para o hospital

 

Da Redação

Foi um corre-corre no Capitólio dos EUA quando um carro bateu contra a barreira de segurança. Dois policias foram atingidos e um acabou morrendo. O agressor, Noah Green, saiu do carro e esfaqueou um agente, mas acabou levando um tiro e morreu após ser levado para o hospital.

Todo o complexo do Capitólio esteve fechado nesta sexta-feira, após a tentativa de invasão do carro, gerando ameaça de segurança externa. A polícia se recusa a chamar o ato de terrorismo, que fez duas vítimas mortais – um policial e o invasor.

Duas horas antes do ataque, Noah fez uma série de publicações no Instagram com links para vídeos de discursos líder da Nation of Islam, um grupo político e religioso islâmico, fundado em Detroit, no Michigan, com o objetivo de melhorar a condição social, econômica e de consciência espiritual dos afroamericanos. Numa das legendas do vídeo, podia ler-se: “O governo dos Estados Unidos é o inimigo n.º 1 do povo negro”.

Por volta das 13h02 locais, o carro avançou contra a entrada da Constitution Avenue, atingiu dois policiais e acabou indo contra a barreira de segurança. De acordo com a Polícia do Capitólio, após este embate, o atacante saiu do carro com uma faca e foi contra os agentes. Segundo explicou a polícia na conferência de imprensa, “não obedeceu às ordens verbais” e “começou a atacar os polícias do Capitólio” — o que levou a polícia a imobilizá-lo com um tiro.